Tensão nos ceús

Caças de Tawian interceptam 27 aeronaves militares da China

Voos ostensivos de aeronaves chinesas na região é frequente


China possui caças stealth J-20, a aeronave faz frente aos norte-amercanos F-22 e F-35 | Foto: Divulgação

Aeronaves militares chinesas sobrevoaram regiões próximas a Taiwan, neste domingo (28). A informação foi divulgada pelo Ministério da Defesa de Taiwan, de acordo com a informação, cerca de 27 aeronaves da China foram identificadas pelos militares taiwaneses.

Entre as aeronaves chineses se destacavam os caças J-11 e J-16, aeronaves derivadas do caça russo SU-27 Flanker, e o J-10, um caça de desenvolvimento nacional. Além disso, um Y-9 e um bombardeiro H-6 também estavam presente, bem como o novo avião reabastecedor chinês, o Y-20U

Em resposta a ofensiva chinesa, Taiwan acionou sua defesa aérea e caças interceptaram as aeronaves da China.

A tensão entre a China e Taiwan está cada vez maior, isso porque o governo chinês já demonstra claramente uma vontade de invadir a ilha, que alega sua independêcia, mas não aos olhos de Pequim.

Temendo uma invasão chinesa, Taiwan tem se fortalecido militarmente, um exemplo disso, é a conversão de seus caças F-16 A/B na versão F-16V Block 70/72. Com novos aviônicos, radar APG-83 AESA, um sistema de navegação GPS de precisão, e capacidade de levar mísseis AIM-9X Siderwinder, ente outras melhorias, é a mais atualizada da aeronave.

A força aérea de Taiwan inaugurou recentemente seu primeiro esquadrão de caças F-16V, atualmente o país tem 64 unidades já prontas, de um total final de 141 unidades.

Por André Magalhães

Publicado em 30 de Novembro de 2021 às 11:45


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação taiwan china interceptação caças