Orgulho de ser brasileiro

Brasileiro E-Jet atinge a histórica marca de 1.600 aeronaves entregues

Jato regional da Embraer se destaca no mundo, voando em mais de 50 países


O histórico E195 E2 foi entregue para a suíça Helvetic Airways

A Embraer celebrou hoje a entrega 1.600º E-Jet, confirmando o sucesso do avião brasileiro que entrou em serviço em 2004 e está atualmente na segunda geração. O avião histórico, um E190-E2, foi destinado a suíça Helvetic Airways.

A Helvetic Airways está atualmente em transição da primeira geração de E-Jets para os E-Jets E2. A companhia aérea recebeu o primeiro E190-E2 em outubro de 2019 e desde então adicionou mais quatro unidades como parte de seu programa de renovação de frota.

LEIA TAMBÉM

De acordo com a Embraer, desde o lançamento da família E-Jet, em 1999, companhias aéreas e empresas de leasing de mais de 50 países encomendaram o modelo, que se tornou um referencial no segmento regional.

Além disso, algumas empresas, como a brasileira Azul, utilizam os E190 e E195 em rotas centrais, demonstrando a capacidade de adaptação dos modelos as necessidades de cada mercado. Nos Estados Unidos, o E170 e E175 se tornaram os modelos padrão da maior parte das companhias aéreas regionais, onde ainda hoje possuem ampla liderança no segmento.

“É uma honra como novo Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial entregar esta simbólica aeronave. É um imenso marco para o programa de E-Jets e para a história da companhia”, disse Arjan Meijer.

A Helvetic configurou suas aeronaves com 110 assentos de classe única em rotas domésticas e internacionais. A companhia aérea tem pedidos firmes para doze E190-E2 e direitos de compra para outros doze aviões do mesmo modelo, com direitos de conversão para o E195-E2, elevando o total potencial de pedidos para 24 aeronaves E2.

Sabia mais...

Um dos protótipos do E170 foi pintado nas cores da também suíça Crossair

Curiosamente um dos primeiros clientes de lançamento da família E-Jet foi a também suíça Crossair, que fazia parte do grupo SAirGroup, que controlava também a Swissair e a Swissport. Inclusive, um dos protótipos do E170 chegou a ser pintado nas cores da Crossair, mas a empresa encerrou suas operações em 2002, antes mesmo de receber seu primeiro E-Jet.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 1 de Julho de 2020 às 14:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Embraer E-195 E-190 E2 E-Jet E-Jet E2 aviação regional Helvetic Airways Crossair Suíça Swiss