Jato popular

Boeing apresenta seu novo avião de corredor único

O 737 MAX 8 deve voar pela primeira vez no início de 2016 para começar a ser entregue em 2017


O primeiro protótipo do novo 737 MAX 8 acaba de ser apresentado aos funcionários da Boeing totalmente montado. Ostentando pintura especial azul-esverdeada, o modelo, que substituirá os atuais 737 NG (muitos deles usados por empresas como a Gol), foi produzido na fábrica de Renton, Washington, nos Estados Unidos. Segundo o fabricante norte-americano, o programa cumpre com rigor o cronograma definido há mais de quatro anos. O primeiro voo do 737 MAX 8 está previsto para acontecer no início de 2016.

Batizado Spirit of Renton (“Espírito de Renton”), o avião passará agora pela preparação pré-voo na fábrica, antes de partir para o Renton Field, onda dará continuidade aos preparativos para os voos de teste. 

A Boeing espera apresentar em breve também o segundo e o terceiro protótipos do 737 MAX 8, que estão em fase final de montagem e participarão dos testes em voo. O quarto (e último) avião está em fase de submontagem. A expectativa é que a primeira aeronave seja entregue pela Boeing à Southwest Airlines no terceiro trimestre de 2017.

"Este novo avião de corredor único terá um consumo de combustível 20% inferior ao dos primeiros aviões Next-Generation 737, e os menores custos operacionais do mercado – seu custo por assento será 8% menor do que o do A320neo", compara Keith Leverkuhn, vice-presidente e diretor-geral do programa 737 MAX da Boeing Aviação Comercial.

 

Com motores LEAP-1B da CFM International, novos winglets (nas pontas das asas) e outras melhorias, o 737 MAX promete ser uma aeronave mais eficiente, confiável e confortável do que jatos de corredor único petencentes a gerações atuais. O 737 MAX 8 é o primeiro membro da nova família de aeronaves de corredor único da Boeing, composta também pelo 737 MAX 7, MAX 8, MAX 200 e MAX 9, a ser produzido. A família 737 MAX tem quase 3.000 encomendas, de 60 clientes do mundo todo.

 

LEIA MAIS SOBRE BOEING 737 MAX AQUI

 

Da redação

Publicado em 8 de Dezembro de 2015 às 16:00


Notícias