Rumo ao espaço

Boeing 747 realiza lançamento de foguete sobre o Oceano Pacífico

Projeto da Virgin Orbit realizou primeiro acionamento real do primeiro estágio do LauncherOne


Lançamento foi o primeiro com acionamento do primeiro estágio do foguete em voo real

A Virgin Orbit conduziu um ensaio real com o LauncherOne, um foguete desenvolvido para permitir o lançamento de satélites em órbita baixa a partir de um Boeing 747 adaptado. O teste ocorreu sobre o Oceano Pacífico, próximo da costa da Califórnia, nos Estados Unidos.

Em nota oficial a e empresa afirma que concluiu todos os procedimentos de pré-lançamento, voo e acompanhamento do foguete até o local previsto para queda. O sistema foi monitorado através de uma ampla rede de telemetria que acompanhou todo o processo desde a decolagem da aeronave, no aeroporto de Mojave, no deserto californiano.

LEIA TAMBÉM

Após o lançamento em voo, o LauncherOne acendeu com sucesso seu motor auxiliar logo após ser disparado da aeronave, sendo a primeira vez que a equipe de desenvolvimento realizou uma ignição no ar. Todavia, uma anomalia ocorreu no início do acendimento do primeiro estágio e a missão foi encerrada antes do previsto, dentro dos protocolos de segurança.

“Nossa equipe realizou suas operações de pré-lançamento e voo com habilidades incríveis hoje. Os voos de teste foram instrumentados para fornecer dados [as equipes de engenharia]. Atingimos muitos dos objetivos que estabelecemos, embora não tantos quanto gostaríamos”, disse Dan Hart, CEO da Virgin Orbit após o pouso do avião. “No entanto, demos um grande passo adiante hoje. Nossos engenheiros já estão examinando os dados. Nosso próximo foguete está esperando. Vamos aprender, ajustar e começar a nos preparar para o próximo teste, que será lançado em breve”.

Lançamento anterior validou apenas dados inertes e capacidade do 747 em realizar a missão com sucesso

O procedimento foi considerado um sucesso, vista a complexidade do projeto e as falhas previstas no primeiro estágio. Após o lançamento o 747-400, batizado de Cosmic Girl realizou uma passagem baixa no Mojave Air and Space Port, pousando em seguida e concluindo a missão de ensaios.

A Virgin Orbit é uma empresa de lançamento de satélites do bilionário Sir Richard Branson, que prevê utilizar um foguete de baixo custo, lançado do Cosmic Girl, para colocar em órbita pequenos satélites, especialmente de comunicação. Ao lançar o foguete em voo de cruzeiro, o aparato pode ser menor, exigindo um reduzido espaço para combustível e barateando o acesso ao espaço.

O próximo foguete da empresa está nos estágios finais de integração em sua fábrica de Long Beach, com meia dúzia de outros foguetes para missões subsequentes sendo produzidos. Segundo a Virgin Orbit, a decisão de iniciar a produção de vários foguetes de série antes da conclusão dos ensaios em voo permitirá que a equipe avance para a próxima fase do projeto em um ritmo significativamente mais rápido, podendo fazer as modificações necessárias no sistema de lançamento a qualquer instante.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 26 de Maio de 2020 às 11:54


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing 747 747-400 Virgin Virgin Orbit Cosmic Girl foguete LauncherOne satélite Califórnia