Operação no gelo

Aviões da regionais da Embraer vão para o Alasca

Alaska Airlines amplia oferta regional passando a operar com os E175 no estado mais isolado dos EUA


Embraer 175 passará a voar regularmente nas principais cidades do isolado estado do Alasca

O Embraer 175 passará a voar regularmente no Alasca, o mais isolado estado norte-americano, atendendo os voos regionais da Alaska Airlines, a partir de outubro. A empresa, com sede em Seattle, no estado de Washington, anunciou que o avião brasileiro deverá complementar os voos operados pelo Boeing 737 na região.

Os E175 deverão substituir os turbo-hélices Dash-8 operados no Alasca, especialmente em voos regionais de média densidade. A mudança faz parte do projeto de modernização da frota e ampliação dos serviços da companhia aérea no seu mercado mais simbólico, ainda que opere em todo o território continental dos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM

"Este jato [E175] nos dá a flexibilidade de aumentar as frequências diárias entre Anchorage e Fairbanks para até sete vezes por dia, assim como permite fornecer durante todo o ano voos para King Salmon e Dillingham", comentou Marilyn Romano, vice-presidente regional da Alaska Airlines.

Embraer 175 deverá substituir os turbo-hélices Dash-8 nas principais rotas no Alasca

Um dos destaques dos E175 da Alaska, operados pela regional Horizon Air, é a configuração de quatro assentos por fileira, sem o assento do meio. Os aviões possuem 12 lugares na primeira classe, outros doze na classe economica premium e 52 assentos na cabine principal. Além disso, contam com algumas comodidades a bordo, como acesso Wi-Fi e o sistema de entretenimento on demand no dispositivo portátil do próprio cliente, incluindo a opção de filmes e programas de TV.

Saiba mais...

Ao contrário de diversas companhias aéreas que estão enxugando as malhas e frota, optando por aeronaves de menor porte, como a família E-Jet, da Embraer, a Alaska Airlines está ampliando a oferta de voos e capacidade em diversas rotas regionais no Alasca. Por sua geografia e restrições ambientais, o estado possui grande dependência do transporte aéreo, inclusive da aviação geral. A Alaska Airlines voa para praticamente todo o estado, com voos regionais e também realizando a ligação do Alasca com demais cidades do território continental dos Estados Unidos.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 25 de Junho de 2020 às 16:40


Notícias notícia de aviação aeronave avião Dash-8 Embraer E175 E-Jet Alasca Alaska Airlines Seattle Estados Unidos USA voo regional