Menos de oito anos

Boeing começa a sucatear avião de teste de seu modelo mais novo

Fabricante iniciou a desmontagem de um dos protótipos do 787 usados na campanha de ensaios em voo


Algumas imagens que circulam na internet mostram que a Boeing iniciou o processo de sucateamento do primeiro Boeing 787. O avião, que é o quinto produzido, foi utilizado na campanha de certificação e começou a ser desmontado antes mesmo de completar oito anos.

O avião, matriculado como N787FT, voou pela primeira vez em 16 de junho de 2010, sendo o quinto avião da linha de montagem, onde entrou em 27 de maio de 2009. O modelo foi empregado na extensa campanha de ensaios em voo, sendo o primeiro protótipo impulsionado pelos motores GENx.

O processo de certificação exige do avião superar grande parte dos limites estabelecidos como padrão em uma operação regular. O protótipo é submetido a esforços que se aproximam do limite estrutural do projeto, visando garantir a completa segurança em toda e qualquer situação que os aviões de série vão encontrar durante uma operação regular.

Os engenheiros da Boeing devem agora colher os últimos dados do veterano avião. Detalhes como fadiga de materiais e inclusive iniciar os processos de reutilização dos materiais utilizados em sua produção. Ao contrário dos aviões tradicionais, produzidos em alumínio, o 787 Dreamliner faz amplo uso de materiais compostos em sua estrutura principal. O desafio é como descartar de forma eficiente tais materiais após o final da vida útil dessa nova geração de aviões.

Da redação

Publicado em 20 de Abril de 2018 às 17:00


Notícias Boeing 787 Dreamliner GENx