Industria

Atualização do T56 apresenta melhor desempenho

Redução no consumo de combustível do motor Rolls-Royce chega a 13%


O primeiro motor Rolls-Royce T56 (anteriormente Allison T56) a passar por atualizações completou com sucesso os testes de montagem e de campo. O primeiro motor aprovado equipará a aeronave WP-3D Orion (versão de pesquisa do P-3) utilizada pelo NOAA (Administração Oceânica e Atmosférica Nacional). Durante os testes, o equipamento demonstrou uma redução do consumo de combustível de 13%. O WP-3D será o primeiro avião a voar com as melhorias do T56, conhecida como Series 3.5.

Já os voos com o C-130 Hercules apontaram avanços significativos em alguns aspectos, o pacote de requisitos do Series 3.5, nesse caso, oferece uma redução do consumo de combustível na ordem de 7,9%.

A USAF negocia a introdução do novo motor na frota atual de C-13, visando reduzir o consumo e os custos de manutenção. O congresso americano aprovou um fundo inicial de US$ 15 milhões para o pacote de aperfeiçoamento do T56, lançando a inserção da tecnologia para as frotas da USAF, da Reserva da Força Aérea e da Guarda Aérea Nacional.

Além da redução do consumo de combustível, o pacote do T56 vai permitir ainda que os motores operem em temperaturas significantemente mais baixas, estendendo a vida útil de algumas peças e aumentando a confiabilidade em 22%.

A USAF acredita que com a Serie 3.5 poderá economizar até US$ 2 bilhões ao ano, além de estender a vida útil das aeronaves por mais algumas décadas.

O voo teste e o programa de qualificação do P-3 com a Series 3.5, apoiado pela Lockheed Martin, serão finalizados no final do ano, e o primeiro WP-3D da NOAA totalmente equipado com as atualizações do motor deve entrar em serviço no início de 2015.

O projeto passa agora pela fase final de conclusão dos requisitos para que a aeronave C-130 obtenha a qualificação da USAF. As entregas do novo pacote de atualizações para a Força Aérea estão previstas para começar em 2016. Além disso, o motor recebeu recentemente a certificação da FAA para projetar uma versão comercial do T56.

Da redação

Publicado em 21 de Fevereiro de 2014 às 15:15


Notícias T56 Rolls-Royce WP-3D Orion C-130 Hercules