Na África

Argélia fecha espaço aéreo para aeronaves do Marrocos

Disputa pela Saara Ocidental motivou decisão


Boeing 787 da Royal Air Maroc

Disputa entre o território causou o rompimento de laços diplomáticos - Foto: Divulgação

O Conselho Supremo de Segurança da Argélia decidiu fechar todo o espaço aéreo do país para aeronaves civis e militares do Marrocos, um mês após o rompimento de laços diplomáticos entre as nações.

A reunião que definiu pela aplicação imediata da sanção foi realizada na quarta-feira (22) e foi presidida pelo presidente Abdelmadjid Tebboune. No anúncio, foi citada a persistência de provocações e atos hostis pelos marroquinos, que disputam o território da Saara Ocidental com os argelinos. 

Em 2020, os Estados Unidos reconheceram a soberania de Marrocos sobre toda a área de mais de 266 km², em troca da normalização das relações com Israel, o que não é aceita pela outra parte.

A Royal Air Maroc, principal companhia do país, minimizou o fato, dizendo que apenas 15 voos por semana serão afetados com a medida e que eles poderiam ser desviados pelo Mar Mediterrâneo.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 23 de Setembro de 2021 às 09:55


Notícias noticias noticias de aviação Argélia Marrocos África Espaço Aéreo Saara Disputa Royal Air Maroc