Gol da Airbus

Airbus A220 substituirá aviões da Embraer na Air Canada

Aeronave de nova geração apresenta ganhos operacionais em relação aos primeiros E-Jets


Air Canada substituirá sua frota de Embraer 190 de primeira geração pelos Airbus A220

A Air Canada apresentou seu primeiro Airbus A220, que substituirá os Embraer E-Jet, que de acordo com executivos da empresa aérea representa uma vitória para a indústria canadense. A expectativa é que o novo avião também permita redefinir a rede de voos, reduzindo custos e permitindo rotas anteriormente insustentáveis do ponto de vista financeiro.

A companhia espera adicionar o A220 inicialmente em rotas existentes, como Montreal e Toronto, para lugares como Ottawa, Winnipeg, Edmonton e Nova York. A Air Canada planeja lançar duas novas rotas a partir de 4 de maio, voando de Montreal para Seattle e de Toronto para San Jose, ambos destinos nos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM

“A capacidade e o alcance do A220 abrirão novos mercados. Isso nos permitirá continuar a expandir nossa já extensa rede norte-americana e apoiar nossa estratégia global”, explicou Calin Rovinescu, executivo-chefe da Air Canada.

Interior do A220 apresenta a configuração 3+2 na classe econômica, um assento a mais por fileira que o E-Jet

A  Air Canada configurou seus A220 com 137 assentos, sendo 12 da classe executiva e 125 da classe econômica. Até 2022 a companhia receberá mais 45 aeronaves do mesmo modelo, que serão utilizados para substituir os atuais Embraer 190.

“A aeronave A220 consome 20% menos combustível por assento, quando comparado ao E190”, informou Mark Galardo, vice-presidente de planejamento de rede da Air Canada. "Esta aeronave atende às necessidades da Air Canada ‘quase’ perfeitamente", disse.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Gabriel Benevides

Publicado em 21 de Janeiro de 2020 às 10:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Airbus A320 A220 CSeries Bombardier Mobile Alabama EUA Canadá Embraer E-Jet Air Canada