Volta do A340

Dois milhões de doses da CoronaVac chegaram a São Paulo

Voo especial da Swiss utilizou um Airbus A340 exclusivamente para o transporte da vacina chinesa


Swiss recolocou o A340 no voo para São Paulo após dois anos

O Governo de São Paulo recebeu mais um voo trazendo um lote adicional da vacina CoronaVac, produzido pela chinesa Sinovac e que deverá ser utilizada na imunização emergencial no estado.

Um Airbus A340 da Swiss pousou por volta das 5h27 desta sexta-feira (18) no aeroporto internacional de Guarulhos trazendo 2 milhões de doses da vacina. O avião proveniente da China realizou uma escala técnica em Zurique, na Suíça, antes de prosseguir para São Paulo.

De acordo com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), este é o terceiro carregamento que chega ao Brasil com insumos e doses prontas de vacinas CoronaVac. A previsão do governo paulista é receber nas próximas semanas outras 46 milhões de doses produzidas na China.

"Até o final deste mês de dezembro, estaremos aqui recebendo no aeroporto de Guarulhos mais seis milhões de doses da vacina, totalizando 7 milhões e 120 mil doses da vacina. No próximo mês de janeiro, até o dia 15, mais 40 milhões de doses da vacina", disse João Doria,  Governador de São Paulo.

Até o início do ano que vem é previsto uma série de voos fretados, de diferentes operadores, trazendo doses adicionais do imunizante. No Brasil as companhias aéreas nacionais e a FAB se comprometeram em distribuir pelo território brasileiro o medicamento. Além das encomendas feitas pelo Governo de São Paulo, lotes com insumos de outras vacinas encomendadas por intermédio do Governo Federal, incluindo as vacinas de Oxford e da Pfizer, podem ser enviados ao Brasil.

O retorno de um A340 da Swiss ocorre após um hiato de dois anos. O modelo foi substituído na rota para São Paulo pelo Boeing 777-300ER, que oferece novo interior e maior capacidade de transporte. Apesar de ser apenas um voo de carga, a Swiss também tem utilizado parte da sua frota do 777-300ER com voos exclusivos de carga ao Brasil, principalmente para trazer lotes de insumos da vacina CoronaVac.

A chegada do Airbus A340 marcou um retorno pontual do quadrimotor ao Brasil. É possível que este seja um dos últimos, se não a operação final, do modelo no país ostentando as cores da empresa suíça. A Swiss está em fase avançada de renovação da frota, retirando modelos menos competitivos de serviço, entre eles, o A340.

* Atenção: A notícia é referente única e exclusivamente ao transporte da vacina no A340 da Swiss e o fato do modelo não voar para São Paulo há dois anos.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 18 de Dezembro de 2020 às 16:30


Notícias notícias de aviação aeronave avião Airbus A340 A340-300 quadrimotor Swiss China.Sinovac Coronavac vacina Doria