Paris Air Show 2019

A321XRL confirma mais de 100 pedidos em três dias

Novo membro da família A320neo se destaca por alcance sem precedentes na categoria


A Airbus lançou o A321XLR e confirmou as expectativas do setor, tornando o avião um potencial substituto para a frota de 757 e gerando um novo mercado de longo alcance e média capacidade. Nos primeiros três dias do Paris Air Show a Airbus soma 104 pedidos para o novo avião, que deverá encerra a semana como um dos principais lançamentos do fabricante europeu.

A Qantas Airways confirmou o pedido para 36 A321XLR, sendo 26 conversões do A320neo e outros 10 pedidos firmes. A empresa australiana deverá destinar os novos aviões a Jetstar, sua subsidiária low-cost, atendendo especialmente voos entre a Austrália e destinos no Pacífico Sul e Ásia. A encomenda não foi surpresa, visto que a Qantas havia demonstrado interesse no modelo recentemente, inclusive durante o IATA Forum, que ocorreu no inicio do mês em Seul, na Coréia do Sul.

LEIA TAMBÉM

Outro pedido expressivo foi realizado pela American Airlines, que firmou um contrato para 50 A321XRL, sendo trinta pedidos convertidos do A321neo e um incremento de vinte novos aviões. A companhia norte-americana, que é atualmente o maior operador de modelos Airbus, com 422 aviões do fabricante na frota, possui outros 115 pedidos para o A321neo. A empresa deverá operar os novos aviões de longo alcance em rotas para América Latina, Caribe e Europa.

O International Airlines Group (IAG) também selecionou o modelo para parte de suas operações, com pedido para 14 exemplares. Os novos A321XLR deverão ser operados pela Iberia e pela Air Lingus. O pedido se soma a opção de renovação de frota de média capacidade, que poderá incluir até 200 Boeing 737 MAX. A irlandesa Air Lingus pretende empregar os A321XRL em seus principais voos para a costa leste dos Estados Unidos e Canadá, enquanto a Iberia deverá ampliar seus voos transatlânticos para destinos de média densidade.

LEIA TAMBÉM

A libanesa Middle East Airlines (MEA) também assinou um pedido firme para quarto A321XLR, tornando-se a companhia aérea de lançamento da mais recente evolução da família A321neo. O acordo eleva as encomendas cumulativas de aeronaves de corredor único da Middle East Airlines para 15 aeronaves da família A321neo, incluindo onze A321neos e quatro A321XLR.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação

Publicado em 19 de Junho de 2019 às 18:00


Notícias Airbus American Airlines A320neo A321XLR MEA Iberia Air Lingus China Airlines IAG Qantas IATA