Protagonismo a ser celebrado

Unidade da FAB completa 90.000 horas com o Super Tucano

Esquadrão Joker, destinado ao treinamento de pilotos de caça, ampliou suas capacidade com o turbo-hélice brasileiro


O Esquadrão Joker (2°/5° GAv) atingiu a marca de 90.000 horas de voo com os A-29 Super Tucano. A operação com o monoturbo-hélice de ataque brasileiro ampliou a capacidade de treinamento de aviadores realizado pela unidade aérea, sendo uma etapa fundamental na formação dos pilotos de caça.

A chegada dos primeiros Super Tucanos ao Esquadrão Joker ocorreu em outubro de 2004, formando ao longo dos últimos dezesseis anos aproximadamente 400 pilotos da FAB, da Marinha do Brasil e de nações amigas.

Os aviões brasileiros substituíram os veteranos jatos de treinamento avançado AT-26 Xavante, que na ocasião estavam em serviço há 40 anos e representou uma mudança significativa no processo de instrução e doutrina da Aviação de Caça Brasileira.

De acordo com a Força Aérea, os Super Tucanos permitiram elevar o nível da formação dos pilotos de caça, inserindo uma série de inovações importantes, como o acesso a modernos sistemas de navegação, de emprego de armamento, entre outros.

“No contexto da instrução aérea, o A-29 representou um salto na excelência da formação operacional dos pilotos de Caça, em virtude de seus avançados sistemas de navegação e emprego de armamento. Com a possibilidade de rever todo o voo em estações de debrifim e realizar análise apurada de dados, o estagiário pode perceber mais rapidamente suas dificuldades e aprimorar para o voo seguinte, incrementando sua curva de aprendizagem”, explicou José de Almeida Pimentel Neto, tenente-coronel aviador e comandante do esquadrão.

Até então, o Xavante era limitado as tecnologias existentes quando foram adquiridos em meados dos anos 1970. A modernização do treinamento abriu caminho para a FAB se preparar para o uso dos então A-1M, F-5EM e agora para os F-39E Gripen.

Na sexta-feira (4) dois Super Tucanos decolaram para o voo de treinamento de rotina, ostentando um adesivo comemorativo da marca de 90 mil horas voadas no A-29 Super Tucano.

  • Se inscreva no canal da AERO Magazine no YouTube clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 7 de Dezembro de 2020 às 09:00


Notícias Notícias aviação aeronave avião Embraer A-29 Super Tucano FAB Esquadrão Joker Marinha piloto avião de caça