Mudança de ares

Turquia poderá adquirir caça furtivo russo após ser desligada do programa F-35

Em visita à Moscou o presidente turco demonstrou interesse em adquirir os caças Su-57


Turquia poderá adquirir Sukhoi Su-57 em substituição ao F-35

A Turquia poderá adotar os caças Su-57 após ser retirada do programa Joint Strike Fighter (JSF), responsável pelo projeto do F-35. O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan visitou o Moscou Air Show, a convite do presidente russo Vladmir Putin, e não descartou ampliar as compras de material bélico russo.

Desde ascensão de Erdoğan a presidência em 2014, Ankara tem mudado sua política externa, passando lentamente para a esfera de influência de Moscou. Recentemente a Turquia recebeu as primeiras baterias antiaéreas S-400, de origem russa, o que levou os Estados Unidos de forma unilateral retirar o país do programa JSF.

LEIA TAMBÉM

Pilotos turcos foram formalmente convidados a conhecer o SU-30SM

Durante a visita o presidente turco conheceu de perto os principais da Rússia, incluindo os Su-57, Su-35 e MiG-35, além dos helicópteros Mi-38 e Ka-62. O presidente Erdoğan foi o primeiro chefe de Estado estrangeiro a conhecer de perto o Su-57, considerado o mais avançado caça do arsenal russo. O avião de quinta geração foi desenvolvido em resposta aos F-22 e F-35 norte-americanos, devendo se tornar em dezembro o primeiro avião do tipo fora dos Estados Unidos a ser declarado operacional. A Turquia ainda foi convidada a ser parceria em desenvolvimento de diversos sistemas aeroespaciais e militares da Rússia, incluindo o Su-57. O presidente Putin formalizou um convite para a Turquia enviar seus pilotos de combate para conhecerem o Su-30SM e demais programas militares russos.

Além dos programas militares, o presidente Erdoğan visitou o protótipo do MC-21 e conheceu CR929, este último um avião de fuselagem larga desenvolvido pela Rússia em parceria com a China. Ankara poderá se tornar um aliado estratégico de Moscou inclusive em programas civis, visto que ambos os países trabalham para inserir sua indústria aeronáutica civil no cenário internacional.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação

Publicado em 30 de Agosto de 2019 às 17:00


Notícias Su-57 Su-30SM Su-35 MiG-35 JSF F-35 Russia Turquia Ankara Moscou Trump Lockheed S-400 Estados Unidos