Trump e Ethiopian

Trump não atrapalha finanças da Ethiopian

Eleita a melhor companhia aérea africana pela quinta vez


 Em matéria de finanças, a Ethiopian Airlines vai bem, à despeito das complicações para turistas, criadas pelo novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A ordem baixada pelo governo em 27 de janeiro, sustou temporariamente a imigração de sete estados de predominância muçulmana, três dos quais na África: Somália, Sudão e Líbia.

O CEO da Ethiopian informou que a receita aumentou 10,3% e o número de passageiros cresceu 18%. A empresa de bandeira da Etiópie foi mais uma vez votada como a melhor companhia aérea africana, pela Associação das Companhias Aéreas da África – o quinto ano sucessivo. A Ethiopian domina a rede pan-africana de passageiros e cargas com sua moderna frota de aeronaves que voa para 95 destinos internacionais em cinco continentes. 

Ernesto Klotzel

Publicado em 8 de Fevereiro de 2017 às 16:09


Notícias Trump Ethiopian