AERO Magazine

Gripen NG vai para o combate

Suíça recebe oferta pelo Gripen NG similar ao modelo escolhido pelo Brasil

Saab responde a proposta da força aérea suíça para modernizar frota de caças composta pelos F/A-18 e F-5

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação em 28 de Janeiro de 2019 às 19:35

A armasuiss recebeu uma proposta oficial da Saab para a compra de até 40 caças Gripen NG, similares aos escolhidos pelo Brasil e Suécia. A proposta visa substituir os veteranos F/A-18 Hornet e F-5 Tiger utilizados pela Schweizer Luftwaffe, a força aérea da Suíça.

O documento é resposta à Solicitação de Proposta (RFP, da sigla em inglês), que a armasuisse divulgou em 6 de julho de 2018. A Suíça tem a necessidade de substituir sua frota atual de caças, considerada envelhecida e de elevado custo de operação e menutenção.

Segundo protótipo do Gripen E decolou pela primeira vez em novembro de 2018

Como parte do acordo proposto, a Saab oferece participação industrial suíça estimada em 100% do valor do contrato. A cooperação inclui acordos com a indústria helvética em todas as regiões do país, em manufatura, manutenção e tecnologia. Embora a proposta ressalte uma possível cooperação industrial, a Saab atualmente já dispõe de uma base de fornecedores histórica na Suíça.

Escolhido apenas pelo Brasil e Suécia, o programa Gripen E está progredindo conforme o planejado, com a produção dentro do cronograma inicial e com previsão das primeiras entregas ocorrendo a partir deste ano. Os principais marcos alcançados durante os últimos seis meses incluem voos com as plataformas de armas IRIS-T e METEOR, bem como a realização do voo da segunda aeronave Gripen E. Outro importante ganho ao projeto foi a adoção pela força aérea da Suécia do display de voo escolhido pela FAB, que permitirá ampliar o uso do dispositivo e reduzir seus custos. O primeiro protótipo destinado a força aérea brasileira deverá realizar em breve seu primeiro voo.

Gripen NG  possuí painel similar ao utilizado pelo mais novo caça dos Estados Unidos, o F-35 Lightning II

O acordo oferecido a Suíça dispõe de um numero similar de aeronaves ao contrato brasileiro, que prevê, no primeiro lote, 36 aviões, sendo 30 do modelo Gripen E, de um lugar, e seis Gripen F, biplace, destinado a instrução e missões especiais.

Embora os F/A-18 suíços tenham sido construídos entre 1996 e 1999, os aviões são de uma geração anterior, já defasado em termos de tecnologia embarcada e com elevado custo operacional. O objetivo da força aérea suíça é manter sua plena capacidade de combate, com redução nos gastos destinados a manutenção e operação da frota de caças.


Notícias Gripen


SUN 'N FUN

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também 4 Pôsteres PORTA COPOS

Boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas