Combustível verde

Desenvolvimento de bioquerosene ganha apoio do setor aéreo brasileiro

Projeto Macaúba da Zona da Mata e Abear assinam protoloco de intenção


A Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) confirmou apoio institucional ao Projeto Macaúba da Zona da Mata, que tem como iniciativa a produção de biocombustíveis, como bioquerosene de aviação e biodiesel, a partir de macaúba.

O setor aéreo necessita de grande escala de produção do bioquerosene de aviação para atender às metas do programa de Compensação de Carbono e Plano de Redução para a Aviação Internacional (Corsia) e o RenovaBio do Governo Federal.

O Projeto Macaúba da Zona da Mata teve início em junho de 2017, com a assinatura do protocolo de intenção com a administração municipal. Além da produção de biocombustíveis, a iniciativa tem como objetivo garantir a recuperação e a preservação do bioma por meio do plantio da palmeira macaúba. A ação ainda prevê o aumento do volume de geração hídrica dos mananciais e o fomento econômico com criação de empregos e distribuição de renda na região.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 7 de Junho de 2018 às 17:00


Notícias abear