Mais potência

Pratt & Whitney lança motor ainda mais eficiente para o A320neo

Série GTF Advanced oferece economia adicional de 1% e amplia potência disponível para 34.000 lbf


Pratt & Whitney GTF Advanced

Série Advanced deverá ampliar a economia de combustível para 17% nos motores GTF | Foto: Divulgação

A Pratt & Whitney anunciou a nova versão do seu consagrado motor GTF (Geared Turbofan), que deverá permitir uma redução no consumo de combustível em mais de 1% na família A320neo.

O motor batizado de GTF Advantage incorporou uma série de melhorias, especialmente no núcleo do motor, que garantiram maior eficiência no consumo de combustível e ainda proporcionou ganho de potência.

Os novos GTF Advanced geram agora até 34.000 lbf de empuxo, sendo ideal para operação em aeroportos altos e quentes. Outra novidade foi a completa compatibilidade com combustível de aviação sustentável, permitindo no futuro abastecer aviões apenas com SAF. Atualmente os motores GTF em serviço podem operar apenas com uma mistura de 50% de SAF e 50% de querosene de aviação.

“Sempre dissemos que nossa arquitetura geared fan [GTF] oferecia crescimento de longo prazo e desenvolvimento futuro, e o GTF Advantage demonstra isso”, disse Tom Pelland, vice-presidente sênior de motores GTF da Pratt & Whitney.

Pratt & Whitney GTF Advanced

Protótipo do GTF Advanced [motor branco] instalado em um 747 usado como bancada de ensaios em voo

De acordo com o fabricante, a nova geração Advanced beneficiará especialmente o A321neo, permitindo um maior alcance para o futuro A321XLR, que poderá operar com maior carga paga mesmo em aeroportos críticos, assim como voar mais longe. A economia de 1% adicionada a série de motores GTF elevará a economia dos motores para 17%, em relação aos IAE V2500, também utilizados na família A320ceo.

Os motores GTF Advanced deverão entrar em serviço a partir de 2024, estando atualmente em fase avançada de ensaios em solo e em voo. Em março o primeiro motor da nova família foi instalado em um Boeing 747 utilizado como plataforma de testes em voo, onde está sendo validado uma série de requisitos de projeto.

A Pratt & Whitney afirma que será possível as empresas aéreas operarem com eficiência os atuais GTF e o GTF Advanced na mesma frota, com máximo de eficiência do ponto de vista logístico e de manutenção. Ambos os motores contam com a mesma arquitetura, com mudanças pontuais entre a primeira e a segunda geração.

Além disso, a expectativa é que as tecnologias da série Advanced possam ser aplicadas em outros motores GTF, como os empregados pelos Embraer E-Jet E2, Airbus A220 e Irkut MS-21*.

*Nota da Redação: Embora o MS-21 ostente a pintura com a inscrição MC-21, no alfabeto cirílico a letra C é equivalente ao S no alfabeto latino. Assim, o nome do avião é MS-21 mesmo na pronúncia em russo.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 3 de Dezembro de 2021 às 11:10


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Pratt & Whitney GTF Pure Power GTF Advanced Airbus A320neo Boeing 747 Embraer E2