Presidente de mim mesmo

Por menos de 500 mil dólares é possível ter o seu próprio avião presidencial

Uruguai prepara venda da sua principal aeronave de transporte VIP


Dependendo do acordo quem sabe não pode pintar até o próprio nome na fuselagem do avião

O Uruguai poderá tornar realidade o sonho de muitos que desejam ter um avião presidencial para chamar de seu. O país está finalizando o processo para leiloar seu principal avião destinado ao transporte do Chefe de Estado.

Aeronaves presidenciais costumam estar no imaginário popular por seu conforto sem igual e itens de segurança sofisticados, muito dessa imagem promovida pelo lendário Air Force One (VC-25), o avião presidencial dos Estados Unidos. Porém, no caso uruguaio o avião é mais modesto, se tratando de um veterano Hawker HS-125-700A.

LEIA TAMBÉM

O governo do Uruguai resolveu leiloar o avião, que tem tido pouco uso desde que chegou ao país em 1979. Nos últimos 15 meses o avião registrou menos de 500 horas de voo, uma média de 33 horas por mês.

O HS-125-700A é equipado com dois motores Honeywell TFE731-3RH de 3,720 lbf (16.5 kN)cada, oferecendo alcance de 1.960 nm (3.600 km), voando com velocidade de cruzeiro de 420 nós (777 km/h). O alcance permite voar entre as principais capitais do Brasil sem escalas.

O valor médio de mercado do Hawker 700 é de US$ 500 mil, aproximadamente R$ 2,6 milhões. Apenas como comparação, um monoturbo-hélice TBM940 tem preço de lista de US$ 4,29 milhões, algo próximo aos R$ 23 milhões. O governo uruguaio deverá destinar o valor arrecadado para um fundo de combate a covid-19.

Saiba mais...

Ao substituir a frota de aviões presidenciais o Brasil leiloou no início da década um dos seus 737-200, mas o avião foi enviado para um colecionador, sem capacidade de voltar a voar. O outro exemplar está exposto no Museu Aeroespacial, no Rio de Janeiro.

O Japão também tentou vender recentemente seus dois 747-400 VIP, que estavam configurados com escritório, sala de reuniões governamental, suíte máster, área para comitiva, entre outros. O valor na época era de US$ 26 milhões para cada avião. Os Jumbos acabaram sendo negociados com uma empresa especializada na desmontagem de aviões, localizado nos Estados Unidos, que iniciou o processo de sucateamento dos jatos.

Imagem da empresa de leilões mostra o conservado interior do avião presidencial do Uruguai

Por ora, o Hawker uruguaio é a forma mais barata de adquirir um avião presidencial, com um custo similar de um carro esportivo de luxo.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 8 de Julho de 2020 às 14:30


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing 747 737 breha Sucatinha FAB Uruguai Hawker HS-125 avião presidencial TBM940