Uma nova guerra fria

Otan realiza três interceptações de aviões russos em apenas dois dias

Encontros na região do Báltico mostra acirramento político e militar entre a Rússia e países membros da aliança


Caça Typhoon da RAF intercepta Tupolev 134 "Crusty" próximo a fronteira da Lituânia

A força aérea britânica realizou três interceptações de aviões russos em apenas dois dias, na região do Báltico, na fronteira com a Estônia. O primeiro encontro ocorreu no último dia 5, envolveu duas interceptações em um curto espaço de tempo.  Os caças Typhoon da RAF (Royal Air Force) interceptaram um Antonov 26, sendo que momentos depois os aviões foram desviados para acompanhar um bombardeiro Tu-142 e dois caças Su-27B que voavam em formação. No dia seguinte (6) os Typhoon interceptaram um avião de transporte Tupolev 134.

LEIA TAMBÉM

Dentro de um revezamento do policiamento aéreo dos membros da Otan, a RAF alocou alguns de seus caças Typhoon na base aérea de Ämari, na Estônia, onde realizam missões de rotina para policiamento e defesa do espaço aéreo do Báltico. A região historicamente é uma das mais tensas na relação da Rússia com a Europa, tendo sido por várias décadas palco de provocações entre a então União Soviética e a Otan.

Sukhoi Su-27 visto a partir de um dos Typhoon da RAF

“Fomos acionados para interceptar o avião russo An-26 que se dirigia para o oeste, perto do espaço aéreo estoniano. Uma vez completada com esta tarefa, foi iniciada uma segunda interceptação, desta vez um grupo de contatos operando ao sul, perto do espaço aéreo lituano”, comentou um piloto do Typhoon envolvido na operação.  “Essas aeronaves em trânsito na região do Báltico não estavam com um plano de voo reconhecido ou em comunicação com o controle de tráfego aéreo. No final, a interceptação transcorreu sem problemas e foi conduzida de maneira profissional por ambas as partes”.

Primeiro encontro se deu com um An-26 próximo a Estônia

Com o acirramento nas disputas políticas entre a Rússia e os países membros da Otan, ambos os lados tem retornado gradualmente as provocações que foram rotina durante a Guerra Fria (1945-1991).

Desde que assumiu as missões de policiamento do Báltico, a partir da Estônia, em 3 de maio, a RAF já realizou 16 interceptações na região.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Imagens: Divulgação

Publicado em 7 de Agosto de 2019 às 16:00


Notícias RAF Eurofighter Typhoon Sukhoi Tupolev Antonov Su-27 An-26 Tu-134