No interior

Oito aeroportos do Amazonas receberão investimentos através de PPPs

Parcerias público-privadas terão investimentos de R$ 380 milhões


Aeroporto de Parintins

Aeroporto de Parintins, no Amazonas - Foto: Divulgação

O Ministério da Infraestrutura (Minfra) deu início à estruturação da primeira parceria público-privada (PPP) do governo federal em infraestrutura de transportes, contemplando oito aeroportos do Estado do Amazonas.

Os terminais de Parintins (PIN), Carauari (CAF), Coari (CIZ), Eirunepé (ERN), São Gabriel da Cachoeira (SJL), Barcelos (BAZ), Lábrea (LBR) e Maués (MBZ) serão concedidos à iniciativa privada para a ampliação, manutenção e exploração da infraestrutura.

Serão investidos R$ 380 milhões por 10 anos, a partir de 2022. Estima-se que 2.140 empregos diretos sejam criados com as intervenções.

No último dia 29 de setembro, foram assinados os contratos de concessão dos aeroportos do bloco Norte I, leiloados pelo Minfra no dia 7 de abril. Manaus (MAO), Tabatinga (TBT) e Tefé (TFF) são alguns dos terminais que passarão a ser administrados pela Vinci Airports em cerca de 120 dias.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 6 de Outubro de 2021 às 17:25


Notícias noticias noticias de aviação Aeroportos Amazonas PPP Parceria Investimentos Interior Amazônia