Novo avião será substituto dos veteranos KC-137 e KC-10

Novo reabastecedor da força aérea dos Estados Unidos deve ser certificado até junho

KC-46 completa ensaios de voo para obtenção de certificado suplementar de tipo, mas ainda enfrenta falhas críticas


O programa KC-46 Pegasus completou os ensaios em voo constantes do Certificado Suplementar de Tipo (STC) exigido pelo FAA (Federal Aviation Administration).

Embora seja um avião militar, as atuais regras exigem que aeronaves cumpram uma série de requisitos mínimos, passando assim por normas civis de certificação. Após o voo reabastecimento e contato realizado por um Boeing C-17 Globemaster III, a campanha de ensaios STC foi encerrada. Ainda assim, a Boeing anunciou que planeja submeter os dados e relatórios resultantes para uma revisão do FAA.

Como parte do programa de testes, uma equipe combinada da Boeing e da USAF foi constituída para validar o sistema abastecimento boom e o sistema probe-and-drogue para atender a um número variado de receptores. Os aviões da força aérea são reabastecidos pelo sistema boom, onde a sonda intercepta o avião a ser reabastecido. O sistema tem a vantagem de possuir maior pressão, permitindo um reabastecimento mais rápido. Já as aeronaves da US Navy e USMC, a marinha e os fuzileiros navais, respectivamente, utilizam o sistema probe-and-drogue, onde a aeronave receptora utiliza uma sonda escamoteável que se conecta a um cesto preso a mangueira do avião reabastecedor. Entre os testes já finalizados, estiveram os ensaios diurnos e noturnos, na presença de raios e de sistemas de defesa e dos aviônicos embarcados.

A equipe também teve de demonstrar a capacidade de abastecimento do KC-46 pelos atuais KC-135 e KC-10, assim como por outros KC-46.

O KC-46 é um modelo derivado do Boeing 767-200C sendo fabricado nas instalações de Everett, Washington. No momento, a Boeing está cumprindo um contrato de fornecimento dos primeiros 34 de 179 aviões-tanque para a USAF.

O FAA ainda precisa aprovar um item solicitado pela Boeing antes da concessão do STC. No início do ano foi detectada uma anomalia que, em condições extremas, pode provocar excesso de pressão quando o KC-46 estivesse transferindo combustível para seu tanque central. Enquanto isso, a USAF continua rejeitando a entrega dos primeiros KC-45 até que sejam solucionadas todas suas deficiências. A Boeing informa que o programa está dentro do cronograma para completar a primeira entrega ainda este ano.

Por Ernesto Klotzel

Publicado em 8 de Maio de 2018 às 08:00


Notícias Boeing KC-46 KC-137 KC-10 C-17 USAF US Navy USMC 767