Cada um no seu quadrado

Novas opções prometem mudar conceito da classe econômica

Propostas de isolamento físico entre passageiros ganha força em tempos de pandemia do Covid-19


Sistema prevê instalação de separação física entre os passageiros na classe economica

A classe econômica poderá ter a disposição de assentos e a separação entre passageiros completamente reformulada após a pandemia do COVID-19. Ao menos é o que alguns fabricantes de interiores de aeronaves acreditam e estão oferecendo ao mercado.  

A indústria de transporte aéreo teme que muitos passageiros tenham receio de voar por conta de uma hipotética contaminação a bordo. A italiana Avio Interiors, uma das maiores fabricantes de assentos de aeronaves do mundo, criou dois conceitos de configuração para a classe econômica, que permite isolar consideravelmente cada passageiro.

LEIA TAMBÉM

Uma das propostas é uma solução em nível de kit que pode ser instalado nos assentos existentes para tornar a proximidade mais segura entre os passageiros que compartilham o mesmo assento. Chamado de Glassafe permite um isolamento dos passageiros na fileira, criando uma barreira física na altura dos ombros até a cabeça.

Proposta Janu, inspirada nas duas faces do deus romano, quer inveter posição do assento central

O sistema é produzido em material transparente, que permite mantes a harmonia da cabine, e cria um volume isolado ao redor do passageiro, a fim de evitar ou minimizar contatos e interações via ar entre passageiros. O Glassafe é fornecido com uma flexibilidade de fixação no assento que permitem fácil instalação e remoção em praticamente todos os modelos de aviões.

Outro projeto proposto é o Janus, que permite a instalação inversa do assento central, aumentando o isolamento entre os passageiros sentados lado-a-lado. Enquanto os passageiros sentados nos assentos laterais (corredor e janela), continuam posicionados na direção do voo, o passageiro sentado no centro está voltado para trás.

O arranjo permite que todos os três passageiros sejam separados por um escudo feito de material transparente que os isola um do outro, criando uma barreira protetora para todos. Cada passageiro tem seu próprio espaço isolado dos outros, mesmo de pessoas que andam pelo corredor.

Todavia, a instalação de novas soluções de cabine implica em um acréscimo de custo para o setor, que deverá encerrar a pandemia em sua maior crise em mais de cem anos de história.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 23 de Abril de 2020 às 18:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião covid-19 coronavirus classe economica