Enfim

Nova tecnologia de inspeção de bagagens de mão pode permitir transporte de líquidos

Sistema, que será testado no aeroporto de Nova York, usa mapeamento tridimensional com escâner de tomografia computadorizada,


A American Airlines e o departamento de Transportation Security and Administration (TSA) está testando um novo escâner de tomografia computadorizada (TC) no ponto de inspeção do terminal 8 do aeroporto internacional JFK, em Nova York.

De acordo com as autoridades, caso os testes sejam bem-sucedidos, será possível voltar a transportar líquidos, géis, aerossóis e notebooks nas bagagens de mão em todas as circunstâncias.

A tecnologia de última geração representa a evolução dos equipamentos de raios X 2D usados atualmente na maioria dos pontos de inspeção em todo o mundo. Utilizando uma visualização tridimensional (3D) é possível obter maior visibilidade à inspeção ao permitir a rotação virtual completa da bagagem de mão para uma melhor observação do conteúdo em todos os ângulos.

Além disso, o sistema possibilita analisar outros objetos proibidos, além de melhorar a capacidade de detecção de ameaças, aumentando a efetividade dos procedimentos. O resultado é a maior eficácia dos procedimentos de segurança nos aeroportos.

A previsão do TSA é de que a nova tecnologia esteja em operação no JFK no final de julho. Ela também está sendo testada nos pontos de inspeção de segurança dos aeroportos de Phoenix e Boston.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 25 de Julho de 2018 às 08:00


Notícias American Airlines JFK TSA