AERO Magazine

Piloto no ar e na terra

Niki Lauda Airlines: as empresas aéreas do tricampeão de Fórmula 1

Ao longo da vida o piloto austríaco foi proprietário de diversas companhias aéreas na Áustria

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação em 21 de Maio de 2019 às 12:00

 

Ao longo da vida o tricampeão da Fórmula 1, Niki Lauda, foi empresário e um apaixonado por aviação. Além de contar ao longo da vida com diversos aviões, o ex-piloto foi também conhecido por suas investidas na aviação comercial, onde fundou três grandes companhias aéreas.

LAUDA AIR

A primeira delas foi a Lauda Air, criada em 1979, quando ainda era piloto. A empresa com sede em Viena, na Áustria, iniciou suas atividades operando voos charters (fretados) para destinos na Europa, América do Norte, Ásia e Caribe. A partir da década de 1990 iniciou voos internacionais regulares, operando especialmente o Boeing 767, que era a espinha dorsal da frota. Assim como diversas companhias, passou a batizar seus aviões, homenageando entre outros o também tricampeão Ayrton Senna. Em 2000 se tornou parte integrante da Austrian Airlines, posteriormente o conglomerado passou a ser parte da alemã Lufthansa. Seu último voo ocorreu em 2013, quando foi integralmente absorvida pela Austrian Airlines.

LEIA TAMBÉM

NIKKI

Outra companhia criada por Lauda foi a Niki Airlines, fundada em 2003, logo após a venda da Lauda Air. A empresa operava inicialmente uma frota de Airbus A320 e posteriormente passou a contar também com os Embraer E-Jet. A empresa por algum tempo foi controlada pela Air Berlin, mas após sua falência o controle da Nikki foi retomado por Lauda.

LAUDAmotion

Em 2004 foi criada a Amira Air, ao ser adquirida por Niki Lauda foi rebatizada como Laudamotion. A empresa possui uma frota de 14 aeronaves, sendo três A321 e onze A320, voando para destinos na Alemanha, Espanha, Suíça, entre outros países europeus. Baseada em um modelo ultra low cost, a companhia se destacou como uma opção de baixo custo na Europa continental. Após retomar o controle da Nikki, a empresa foi fundida com a Laudamotion.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO


Notícias Niki Lauda Boeing Airbus Embraer 737 767 A320 A321 E-Jet


Boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas