Aviação Comercial

Latam estuda novo hub no nordeste

Empresa pretende criar novo centro de voos com foco na Europa e mercado doméstico


O Grupo LATAM Airlines estuda desenvolver um novo hub no Brasil, que será destiando tanto a voos domésticos quanto internacionais e deverá ser localizado no nordeste.

A empresa iniciou análises de viabilidade para três cidades, Fortaleza, Natal e Recife. O principal objetivo é ampliar a atuação das empresas da Latam em voos entre a América do Sul e a Europa, considerando a posição geográfica estratégica da região nordeste. Em nota, a empresa afirma que independentemente da cidade definida, o novo hub resultará em melhor conectividade para todo o centro-norte do Brasil.  

“O projeto ampliará a capilaridade das operações das empresas do grupo [Latam] no Brasil, na América do Sul e no mercado internacional, aumentando principalmente os destinos atendidos na Europa.” afirma Claudia Sender, presidente executiva da TAM S.A. e da TAM Linhas Aéreas. “Também reforçará a liderança na América Latina, incrementará a conectividade oferecida aos clientes e otimizará a cobertura do fluxo de passageiros e de carga de/para o Brasil com outros mercados".

A Latam deverá realizar reuniões com as autoridades competentes para apresentar e viabilizar os requisitos necessários para permitir tomar uma decisão com relação a cidade escolhida. De acordo com a companhia, os critérios para a definição das cidades são localização geográfica, infraestrutura aeroportuária e seu potencial de desenvolvimento, e ainda, possibilidade de oferecer melhor experiência ao cliente. Também serão levados em consideração fatores como competitividade de custos e infraestrutura geral.

A estimativa é que o início das operações ocorra em dezembro de 2016.A empresa afirma que as operações do novo hub serão realizadas com a frota atual, sem a necessidade de realizar novas encomendas de aeronaves.

Atualmente os principais hubs do país estão localizados nos estados de São Paulo (Congonhas, Guarulhos e Viracopos), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont) e Brasília. O projeto traz oportunidades de novos voos, destinos, rotas e conexões, podendo atender além das regiões norte e nordeste, também, o Distrito Federal.  

O grupo LATAM definiu o aeroporto de Guarulhos como o seu principal hub internacional, e espera que o novo hub no nordeste permita oferecer menor tempo de voo para os voos com destino a Europa e melhor distribuição de conexões e horários, proporcionando melhor aproveitamento das aeronaves e aumentando a produtividade.A estratégia do novo hub prevê voos internacionais e também fortalecimento da malha no mercado brasileiro.

"Acreditamos fortemente no potencial da região, por sua posição geográfica privilegiada e sua vocação para o turismo. Vários países têm explorado de maneira exitosa oportunidades semelhantes, criando destinos e gerando riqueza e desenvolvimento, por meio da criação de grandes hubs, como acontece em nações do Oriente Médio e América Central. Em alguns casos, os hubs foram desenvolvidos a tal ponto que países hoje têm mais passageiros que habitantes", comenta Sender.

 

Da redação

Publicado em 22 de Abril de 2015 às 16:00


Notícias LAN TAM Latam