Em Sorriso

Infraero vai emitir plano diretor para aeroporto no Mato Grosso

O plano é obrigatório para futuras intervenções no local


Aeroporto de Sorriso

Aeroporto Regional de Sorriso, no Mato Grosso - Foto: Prefeitura de Sorriso.

A Infraero e a Prefeitura de Sorriso, no interior do Mato Grosso, assinaram um contrato para a elaboração do Plano Diretor (Pdir) do aeroporto regional da cidade (SMT).

 O Pdir planeja a expansão da infraestrutura aeroportuária de acordo com a regulamentação de segurança operacional da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e em função do potencial existente na região para a exploração do transporte aéreo de cargas e passageiros. Sua aprovação é requisito obrigatório para aeródromos que operam voos de empresas aéreas prestadoras de serviço de transporte aéreo regular de passageiros ou carga. 

A necessidade da elaboração do Plano Diretor para o aeroporto de Sorriso foi identificada ao perceber a oportunidade de organizar o desenvolvimento do terminal a fim de explorar todo o potencial demandado pela região”, segundo o Superintendente de Negócios da Infraero, Rodrigo Medeiros. 

Para o prefeito, Ari Lafin, “a cidade desponta mundialmente na produção das commodities de grãos como a soja, milho e feijão. Mas vai além disso: muito da tecnologia de ponta está aqui e tudo está perfeitamente alinhado com a sustentabilidade. E é nesse cenário que o aeroporto se torna tão importante para nós, pois torna possível o desenvolvimento de um hobby logístico não só para o Município, mas para a nossa região”.

O prazo de execução do serviço é de 120 dias a partir da assinatura e recebimento da ordem de serviço. Atualmente, SMT possui operações apenas da Azul Linhas Aéreas, que oferta seis voos semanais para Cuiabá (CGB), utilizando o Embraer E195.  

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 10 de Novembro de 2021 às 13:20


Notícias noticias noticias de aviação Plano Diretor Aeroporto Sorriso SMT Mato Grosso Infraero