Problema sob investigação

Incidente provoca fechamento da linha de produção em unidade da Airbus nos Estados Unidos

Falha no sistema de combate a incêndios disparou de forma incorreta e paralisou produção


Unidade nos Estados Unidos produz os Airbus A320 e A220 destinados ao mercado norte-americano

O sistema de alarme de incêndios da unidade da Airbus, em Mobile, nos Estados Unidos, foi ativado forçando a paralização da produção das aeronaves no local.

Embora o sistema de supressão tenha sido ativado, a Airbus afirma em nota que não houve qualquer indicação incêndio real e que nenhuma equipe ou aeronave foi afetada pelo problema. A notícia foi comentada por diversos veículos especializados em aviação após ser publicada originalmente no site canadense Wings, relatando o fechamento de um dos hangares durante o problema.

LEIA TAMBÉM

A Airbus tinha duas aeronaves em fase de montagem na área afetada pelo sistema automático de combate a incêndios, mas a princípio não houve qualquer dano aos aviões. O fabricante também está analisando as causas que levaram a atuação incorreta do sistema. “O hangar permaneceu fechado enquanto as equipes de avalição trabalharam para detectar a causa do acionamento”, afirmou a Airbus em nota enviada a AERO Magazine.

NOTA OFICIAL DA AIRBUS

A Airbus informa que, na sexta-feira (13), durante o intervalo da produção, o sistema de combate a incêndios foi acionado em um dos hangares da linha de produção da empresa, em Mobile, Alabama (EUA). No entanto, não foi identificada presença de fogo e nenhum funcionário ou colaborador contratado foi afetado.

O hangar permaneceu fechado enquanto as equipes de avalição trabalharam para detectar a causa do acionamento. A Airbus está em contato permanente com os clientes para mantê-los informados.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação

Publicado em 19 de Setembro de 2019 às 14:16


Notícias Airbus Mobile Alabama A220 A320 A320neo