Indústria

Helibras inaugura linha de montagem e anuncia helicóptero brasileiro

Subsidiária da Eurocopter vai fabricar em Itajubá (MG) os modelos EC 725 e EC 225 com nacionalização de pelo menos 50%


A Helibras, subsidiária brasileira do grupo europeu Eurocopter, inaugurou oficialmente em sua sede, no município de Itajubá (MG), o hangar onde está sua segunda linha de montagem de helicópteros. As novas instalações serão utilizadas para produzir os helicópteros militares EC 725 e sua versão civil EC 225, ambas desenvolvidas pela Eurocopter. Lá serão montados os exemplares previstos no contrato de 1,9 bilhão de euros assinado em 2008 com o governo brasileiro para a compra de 50 EC 725 destinados às Forças Armadas do Brasil. Durante a cerimônia, o presidente da Eurocopter, Lutz Bertling, mostrou-se disposto a iniciar os entendimentos para o desenvolvimento do primeiro helicóptero concebido e produzido no Brasil. O programa do EC 725 esta sendo desenvolvido à luz da Estratégia Nacional de Defesa (END), prevendo-se ao longo de seu desenrolar uma crescente nacionalização de suas peças, partes e sistemas por meio da transferência de tecnologias para capacitar a indústria do país. No que diz respeito à cadeia de fornecedores, a Helibras já contratou 14 empresas brasileiras fabricantes de partes e peças e prestadoras de serviços e vêm realizando os treinamentos necessários para pilotos, mecânicos, técnicos e engenheiros tanto na França quanto no Brasil. O programa esta sendo acompanhado por representantes das três Forças Armadas, garantindo a efetiva transferência de tecnologia prevista no contrato. Um dos principais frutos desse programa deverá ser justamente a conquista de expertise para que a empresa desenvolva um modelo de helicóptero 100% nacional em meados da década de 2020. Ainda durante a cerimônia, o presidente da Helibras, Eduardo Marson, oficializou o memorando de intenção de compra de helicópteros EC225 para a Líder Taxi Aéreo, empresa que pretende operar essas aeronaves no mercado de off-shore para atender as necessidades da Petrobras e outras petroleiras. O novo hangar da Helibras já está em operação e, além de servir ao programa de construção dos EC725 e EC225, abriga também a linha de montagem do helicóptero utilitário leve Esquilo, produzido no Brasil desde 1980. O investimento total do projeto é de R$ 420 milhões. Este montante contempla as instalações físicas, os programas de treinamento, e todas as obras e inovações necessárias à produção dos helicópteros. As novas instalações do complexo industrial da Helibras em Itajubá foram construídas a partir das técnicas mais atuais de engenharia, dos mais avançados materiais utilizados na construção civil e com modernos conceitos de sustentabilidade. Em cumprimento ao cronograma do projeto, quatro EC725 já foram entregues, sendo três unidades em dezembro de 2010 e uma em julho de 2012. A última das 50 aeronaves deverá ser entregue em 2017. Os próximos helicópteros que serão finalizados no Brasil, já se encontram em Itajubá, entre eles, o exemplar que servirá de modelo para o desenvolvimento e a integração de sistemas, tornando-se o primeiro a passar integralmente pela nova linha de produção.
Da redação

Publicado em 3 de Outubro de 2012 às 12:10


Notícias