Retomada

Grupo Lufthansa fecha parceria no Brasil para realização de testes de covid-19

Passageiros da empresa alemã terão descontos nos exames RT-PCR no aeroporto de Guarulhos e no hospital Alemão Oswaldo Cruz


Desconto torna teste RT-PCR mais barato no Brasil do que na maioria dos aeroportos do mundo

O grupo Lufthansa fechou um acordo com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz e CR Diagnósticos para realização de seus testes de covid-19 com desconto. Os testes são do tipo RT-PCR, mesmo atualmente exigido para entrada em muitos países, inclusive Alemanha

A parceria firmada com o CR Diagnósticos, inclui exames na recém-inaugurada unidade no Terminal 3 do aeroporto internacional de Guarulhos, com 10% de desconto mediante a apresentação do bilhete aéreo para uma data futura e documento pessoal com foto.

A unidade da CR Diagnósticos no aeroporto funciona 24 horas, 7 dias por semana e não é necessário agendar o atendimento com antecedência. Os resultados ficam disponíveis em 4 horas e são enviados aos passageiros em inglês, conforme requerido pela maioria dos países.

"As bem-sucedidas parcerias nos hubs de Frankfurt e Munique com renomados laboratórios locais para a testagem de passageiros nos inspiraram a levar essa experiência para outros mercados importantes onde atuamos", destaca Bjorn Becker, senior director management ground&digital services do Lufthansa Group.

Os passageiros das duas empresas também contam com a possibilidade de realizar seus testes para covid-19 no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, por meio de um "drive-thru" instalado na Unidade Paulista (Rua Treze de Maio, 1815 - Paraíso - São Paulo). O resultado é disponibilizado em até 48 horas. Todavia, no caso do hospital o passageiro deve agendar o exame, com antecedência. No dia do exame, o usuário deverá apresentar o bilhete aéreo para uma data futura e documento pessoal com foto.

Com o desconto a realização do teste no Brasil é mais barato do que em muitos outros aeroportos do mundo, contando ainda com a vantagem de realizar a transação em moeda local.

Alguns países exigem que os testes sejam realizados em um período inferior a 48 horas antes do ingresso em suas fronteiras, a opção de realizá-lo no aeroporto, antes do embarque, pode ser ideal para passageiros com voos e conexões longas.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 1 de Outubro de 2020 às 14:00


notícia de aviação aeronave avião Boeing 747 747-8 Lufthansa RT-PCR covid-19 Oswaldo Cruz GRU Airport