Até dezembro serão 15% da frota

Gol recebeu mais um Boeing 737 MAX 8, totalizando oito na frota

Avião foi o primeiro entregue desde a paralização dos voos com o modelo em março de 2019


PR-XMM se torna o oitavo 737 MAX da Gol

Novo 737 MAX 8 da Gol estava pronto desde meados de 2019, mas aguardava recertificação para ser entregue

A Gol recebeu mais um Boeing 737 MAX 8, o primeiro entregue desde a proibição dos voos com o modelo em março de 2019. O avião de matrícula PR-XMM chegou ontem (27) ao aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, após sair de Seattle (BFI) e realizar uma parada técnica em Miami (MIA).

A chegada do avião marca ainda a renovação da frota da companhia, que mesmo diante das incertezas do mercado está se preparando para uma retomada e reduzindo custos operacionais. A Gol projeta até o final de 2021 ter 14% de sua frota composta pelo 737 MAX, que apresenta maior eficiência no consumo de combustível e permite a realização e rotas internacionais para os Estados Unidos, a partir de Brasília e Fortaleza, sem escalas.

Segundo dados técnicos da Boeing, o 737 MAX 8 reduz o consumo de combustível em aproximadamente 15%, com um alcance de cerca de 1.000 quilômetros superior quando comparado com aos 737-800, podendo voar por até 6.500 quilômetros.

Além de um menor custo operacional, o 737 MAX 8 permite uma redução de 15% nas emissões de carbono, estando até 50% abaixo dos limites de CAEP/6 (Committee on Aviation Environmental Protection) para a emissão de óxido de carbono de acordo com os índices da ICAO.

Em nota a Gol afirmou que desde a retomada das operações em dezembro do ano passado, foram realizados mais de 1.000 voos com a atual frota de 737 MAX 8, transportando mais de 160 mil passageiros e um índice de aceitação de 99,99% por parte dos passageiros.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 28 de Janeiro de 2021 às 13:30


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação 737 MAX Boeing 737 MAX 8 Gol 737-800