Retomada para o MAX

Gol planeja aumentar a frota de Boeing 737 MAX até o final do ano

Durante evento com investidores a empresa se mostrou confiante na recuperação do mercado


Boeing 737-800 da Gol

Gol planeja ter 110 aviões em serviço até o final do ano

Durante evento para investidores, a Gol apresentou ontem (24) os planos para recuperação da demanda e modernização da frota. A empresa já aponta que existe sinais fortes de retomada do transporte aéreo, que deve se intensificar já no próximo ano.

Segundo Constantino Oliveira Junior, presidente do conselho de administração da Gol, a perspectiva é que haja uma retomada da demanda corporativa no primeiro trimestre de 2022, com níveis similares ao pré-pandemia. Contudo, a demanda ainda deverá ser baixa nos próximos meses, mas a expectativa é atender 59 destinos já no próximo semestre.

A Gol ainda confirmou que planeja encerrar o ano com 129 aviões, sendo que 110 devem estar em serviço e outros dezenove estarão em solo, parte em manutençnao e outra estocada. Ainda assim, a companhia manterá os planos de renovação anunciados anteriormente. Ainda este ano deverá receber mais oito Boeing 737 MAX, atingindo assim um total de dezoito aeronaves do tipo na frota.

Parte desses novos aviões já estão prontos, tendo sido produzidos pela Boeing durante o período de proibição de voos do 737 MAX. Apenas para a Gol foram já produzidos 22 aeronaves, com parte delas ainda estocada.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 25 de Junho de 2021 às 15:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Boeing 737 737 MAX Constantino Oliveira Junior Gol