SAR

Força aérea resgata feridos de acidente com avião em Manaus

Helicóptero Black Hawk do Esquadrão Harpia localizou vítimas e realizou salvamento por via aérea


Helicóptero do Esquadrão Harpia localizou aeronave em meio a mata fechada e realizou o resgate de cinco feridos

A FAB resgatou com vida cinco vítimas do acidente ocorrido após a decolagem do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, com destino a Maués (AM).

O Cessna208B Grand Caravan (PT-MHC) operado pela TwoFlex havia decolado às 12h26 e declarou emergência após dois minutos de voo, caindo em uma região de mata próximo ao aeroporto.

Logo após a perda de contato com o avião, o Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico Amazônico (SALVAERO MN) acionou a aeronave do Esquadrão Harpia (7º/8º GAv), que localizou o Caravan dentro da área patrimonial do aeroporto, mas em uma região de mata de difícil acesso. O serviço de busca e salvamento (SAR) empregou um helicóptero H-60L Black Hawk na localização da aeronave, conseguindo salvar cinco ocupantes do avião.

LEIA TAMBÉM

“De imediato, ao pairarmos sobre o local, percebemos um vento bem forte e a chuva que se aproximava. Descemos o primeiro homem de resgate, já sob chuva, para avaliar o cenário” contou o tenente Gabriel Sampaio Duarte, piloto do Esquadrão Harpia. “Na sequência, os outros militares desceram e começamos os içamentos, um total de cinco, sendo quatro macas com feridos”.

O helicóptero pousou com as vítimas em uma aérea próximo a cabeceira onde bombeiros e ambulâncias já aguardavam para remoção aos hospitais.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Da redação

Publicado em 18 de Setembro de 2019 às 12:00


Notícias H-60L Black Hawk Harpia SAR SALVAERO Cessna 208B Grand Caravan Two Flex 7º/8º GAv