Sinais de inteligência

Falcon 8X será utilizado como aeronave de inteligência eletrônica

Aeronave terá capacidade para rastrear e interceptar comunicação entre pessoas e máquinas


Jato de negócios Falcon 8X receberá extensas modificações com instalação de antenas e sensores

O governo francês assinou um acordo com a Thales e com a Dassault Aviation para o desenvolvimento de dois aviões destinados a guerra eletrônica, dentro do projeto Epicure. O acordo poderá chegar a três aeronaves, com o sistema entrando em serviço em 2025.

O programa Epicure prevê que sejam instalados uma suíte de sensores e sistemas a bordo de um Falcon 8X, o jato de negócios de maior capacidade e alcance da Dassault Falcon, que permitirá a plataforma detectar rádios e radares e analisar seus sinais simultaneamente pela primeira vez. Ele emprega o sistema CUGE, que utiliza antenas multipolarização e inteligência artificial durante o processamento automatizado de dados. O avião será destinado a missões Sigint (signals intelligence), onde realizará a coleta de informações através da interceptação de sinais de comunicação entre pessoas ou equipamentos eletrônicos.

LEIA TAMBÉM

A Direction Générale de l'Armament (DGA) da França, espera receber os dois primeiros aviões em 2025, quando a força aérea francesa deverá aposentar seus dois C-160G Gabriels, o modelo derivado do Transall C-160, utilizado nas missões Sigint.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 15 de Janeiro de 2020 às 12:30


Notícias notícia de aviação aeronave avião Dassault Thales Falcon Falcon 8X Dassault Falcon Sigint Epicure guerra eletrônica Transall