Aviação Comercial

FAA aprova mudanças nas baterias do 787

Decisão abre caminho para Dreamliner voltar a voar e Boeing retomar sua produção


Divulgação A FAA (autoridade aérea norte-americana) aprovou as mudanças na configuração das baterias do 787 Dreamliner realizadas pela Boeing. Dessa forma, a empresas e seus clientes poderão instalar as melhorias, o que irá permitir que a aeronave retorne ao serviço e que a Boeing retome a produção para novas entregas. A decisão da FAA valerá apenas para os Estados Unidos. Para demais localidades, as agências reguladoras dos respectivos países deverão determinar quando o 787 voltará a voar. Aprovação da melhoria no sistema de bateria do 787 foi concedido depois que a agência realizou uma extensa revisão dos testes de certificação, todos realizados com sucesso.
Da redação

Publicado em 19 de Abril de 2013 às 14:32


Notícias