Bico na crise

A380 se torna 'mini cargueiro' podendo transportar 50 toneladas de carga

Emirates SkyCargo melhorou capacidade dos porões e passou a dedicar o uso do gigante em voos de carga


Emirates remanejou a capacidade de porões do A380 para acomodar até 50 toneladas de carga

Como resposta ao aumento da demanda de cargas e do transporte urgente de mercadorias essenciais, a Emirates SkyCargo passou a realizar operações cargueiras dedicadas no Airbus A380, incluindo transporte de suprimentos médicos para combater a segunda onda de covid-19.

As equipes de engenharia e operações da Emirates otimizaram a capacidade de transporte do A380, permitindo carregar cerca de 50 toneladas de carga, distribuídos nos porões. O uso do modelo em voos puramente cargueiros ocorreu após a urgência de diversos pontos do mundo.

Com a capacidade de porão melhorada, o A380 se tornou um cargueiro médio, em termos de capacidade de transporte. Ainda que conte com amplo espaço no piso principal e superior, a Emirates optou por não reconfigurar completamente o avião para alocar mercadorias a bordo, visto a necessidade de alterar o arranjo interno da cabine. O primeiro A380 ‘cargueiro’ da Emirates transportou com sucesso suprimentos médicos entre Seul e Amsterdã, via Dubai.

A divisão de cargas da Emirates está buscando otimizar a capacidade de seus A380 e está planejando novos voos cargueiros dedicados, utilizando ainda parte da frota de Boeing 777-300ER, em complemento aos cargueiros 777F, para atender aos atuais 135 destinos regulares em todo o mundo.

  • Se inscreva no canal da AERO Magazine no YouTube clicando aqui

Por Gabriel Benevides

Publicado em 13 de Novembro de 2020 às 15:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Airbus A380 Emirates Emirates SkyCargo Boeing 777 777-300ER 777F carga covid-19 Dubai