Embraer produz a primeira peça destinada a respiradores pulmonares

Fabricante espera poder auxiliar empresas especializadas na montagem de equipamentos hospitalares


Primeira peça destinada a respiradores sendo usinada pela Embraer

A Embraer iniciou as entregas dos primeiros componentes para montagem de ventiladores pulmonares. Os resultados ocorrem apenas uma semana após o fabricante anunciar que estava dedicando parte de seu time de engenharia para atuar no desenvolvimento de soluções emergenciais para combater o COVID-19.

A iniciativa envolve oito empresas do setor aeronáutico da região do Vale do Paraíba e Campinas, sendo liderada pela Embraer. A cooperação do setor aeroespacial tem como objetivo dar escala e velocidade na produção de ventiladores e respiradores, considerados fundamentais para pacientes da doença em estado grave.

LEIA TAMBÉM

As empresas aeroespaciais vão apoiar a fabricação de 5.000 aparelhos até o fim de abril, com a produção de peças usinadas. Inicialmente a produção inicial é de 100 componentes diários, com previsão de atingir 350 peças nas próximas semanas.

As partes estão sendo entregues para uma importante empresa do ramo de respiradores e ventiladores hospitalares, que recebeu pedido do governo federal para ampliar substancialmente a produção, em uma demanda oito vezes superior à capacidade média da produção mensal da companhia. A Embraer ressalta que não está fazendo montagem final dos respiradores, mas fornecendo peças em escala suficiente para atender a alta demanda.

A Embraer também avalia como aplicar suas tecnologias empregadas em aeronaves na produção de soluções para aumento da capacidade de leitos de terapia intensiva.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 3 de Abril de 2020 às 09:50


Notícias notícia de aviação aeronave avião Embraer covid-19 coronavirus hospital UTI