Retomada dos ânimos

Delta Air Lines amplia pedidos do A321neo para 125 unidades

Empresa norte-americana tem expandido processo de renovação da frota de curto, médio e longo alcance


A330neo da Delta Air Lines decolando da França

Delta Air Lines acelerou processo de padronização da sua frota com modelos da família Airbus

A Airbus anunciou que a Delta Air Lines realizou mais um pedido firme para 25 unidades do A321neo, ampliando a encomenda de 2017 que previa cem aviões. Além disso, a Delta está antecipando a entrega de dois A350-900 e dois A330-900.

Assim como o pedido original, os A321neo da Detlta serão equipados com os motores Pratt & Whitney PW1100G-JM, da família Pure Power. A empresa norte-americana tem modernizado sua extensa frota de aviões buscando uma melhor relação nos custos e redução no consumo de combustível.

O processo de atualização dos aviões vinha ocorrendo antes mesmo da crise sanitária, mas foi acelerada devido a necessidade de reduções rápidas nos custos. No geral, a família A320neo oferece um consumo de combustível até 20% inferior ao modelos da geração anterior, além do A321neo adicionar um alcance de até 500 nm (920 km) em relação ao A321.

Entregue pela primeira vez em abril de 2017, o A321neo possui 95% de comum com toda a família A320 original, facilitando a integração nas frotas atuais, além de reduzir gastos com treinamento e suporte técnico. Os pilotos já certificados com o A320 podem voar sem restrições os novos modelos da série Neo, sem a necessidade de treinamento adicional.

Considerando a nova encomenda da Delta Air Lines, que totaliza agora 125 aviões da série A321neo, A Airbus totaliza quase 3.500 pedidos firmes para o avião, além de aproximadamente 500 aviões já em serviço ao redor do mundo.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 26 de Abril de 2021 às 16:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Airbus A330neo A330-900 A350-900 A350XWB A321neo Delta Air Lines