Segurança de voo

Coreia do Sul vai usar avião da Embraer em serviço de inspeção em voo

Acordo prevê a conversão de um Praetor 600 em aeronave laboratório


Embraer Praetor 600

Uso do Praetor 600 como aeronave de inspeção em voo é inédito no mundo

A Coreia do Sul será o novo operador do Praetor 600, em uma versão destinada aos serviços de inspeção em voo. 

A alemã Aerodata confirmou a compra de um Praetor 600 da Embraer, que será convetido como aeronave de inspeção em voo. O jato deverá ser adaptado para a nova função com a instalação dos sistemas e equipamentos necessários para este tipo de atividade.

A entrega do avião para à Aerodata está prevista para 2022, com a conversão ocorrendo na Alemanha, onde serão instalados os sistemas AeroFIS, destinado a inspeção em voo. A função é similar a empregada pelo GEIV (Grupo Especial de Inspeção em Voo) da força aérea brasileira.

Após a modificação, o avião será entregue e operado pela Coreia do Sul, que conduziu a licitação internacional para a aquisição da nova plataforma. O jato brasileiro será utilizado para levantamento, vigilância, inspeções especiais e periódicas, validação de procedimentos e verificações do funcionamento do sistema ADS-B.

Esta é a primeira vez que a Embraer realiza a venda de uma aeronave para este tipo de missão fora do Brasil. Segundo a nota oficial da Embraer, o contrato com a Aerodata inclui treinamento para pilotos e mecânicos e um pacote de suporte inicial para o usuário final.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 11 de Maio de 2021 às 14:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Embraer Praetor 600 GEIV