Companhias aéreas brasileiras divulgam políticas especiais para voos que possuam Itália como destino

Companhias aéreas do Brasil estão flexibilizando as regras para remarcação ou alteração das passagens por conta do coronavírus


Por conta do cenário que tem se apresentado nos últimos dias, as principais companhias aéreas estão buscando formas de ajudar os seus clientes que pretendem desistir ao comparecimento dos seus voos. 

LEIA TAMBÉM

A LATAM está flexibilizando as regras para remarcação e reembolso apenas para os passageiros com viagem programada para Milão, tendo as seguintes opções:

  • Remarcação da passagem para voar de hoje até 15 dias corridos após a data inicial do voo, estando sujeita a disponibilidade de voo e não se aplicam diferenças tarifárias.

  • Remarcação da para voar após 15 dias do voo original, estando sujeito a diferenças tarifárias e validade do bilhete. 

  • Alteração da origem e destino sem multa, estando sujeito a diferença tarifária e validade do bilhete. 

  • Reembolso sem taxa. 

A Azul está optando por dar o reembolso integral para os passageiros que possuem conexão em Lisboa ou Porto que tenham a Itália como origem ou destino. 

A Azul segue com atendimento por meio dos seus canais oficiais para esclarecer dúvidas aos consumidores, por meio do aplicativo da empresa ou nos números 4003 1118 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 887 1118  (demais regiões).

Mesmo não tendo voos ou conexões para a Itália, a Gol disse estar acompanhando de perto a situação do coronavírus no Brasil e está reforçando toda a sua equipe de atendimento para sanar quaisquer dúvidas por meio da sua Central de Relacionamento pelo número 0300 115 2121.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 4 de Março de 2020 às 22:00


Notícias Notícias notícia de aviação aeronave avião Latam Gol Azul coronavírus aviação comercial