Caça de ataque conjunto

Cingapura recebe sinal verde para compra do F-35

Estados Unidos aprovaram ingresso do país asiático na lista de operadores de seu mais avançado caça


F-35 é o mais avançado caças em serviço no mundo e deverá ser operado por mais de 10 países

A força aérea de Cingapura foi formalmente autorizada a adquirir o caça F-35 Lightning II, ampliando assim a presença no jato de quinta geração na Ásia, onde já é operado pelo Japão. O governo dos Estados Unidos aprovou a venda de quatro caças para Cingapura, abrindo espaço para mais parceiro no programa Joint Strike Fighter (JSF).

O ministro da Defesa de Cingapura, Ng Eng Hen , anunciou no ano passado que o país enviaria uma carta ao Departamento de Estado dos EUA demonstrando interesse na aquisição do caça, considerado o mais avançado da atualidade, com opção adquirir mais 12 unidades do mesmo modelo.

LEIA TAMBÉM

“Singapura é um aliado estratégico e um dos principais parceiros de cooperação em segurança e uma força importante para a estabilidade política e progresso econômico da região da Ásia-Pacífico”, cita o comunicado da Defense Security Cooperation Agency, dos Estados Unidos.

O acordo permite ainda a inclusão de até 13 motores de reposição, sistemas de guerra e de comunicação, equipamentos de treinamento, suporte de manutenção e outras funções logísticas. A aquisição dos F-35 ocorre no momento que o pequeno país asiático planeja a substituição de seus caças F-16C Fighting Falcon, cuja frota soma 60 aviões que se aproximam de sua vida útil operacional. Ainda que uma atualização seja possível, os veteranos Fighting Falcon de Cingapura se manteriam defasados em relação a seus pares, em especial a países como Índia e China, que estão investindo constantemente na renovação de seus aviões de combate.

Recentemente os Estados Unidos realizaram um complexo exercício militar envolvendo a decolagem quase simultânea de 52 caças F-35A, da força aérea. O modelo deverá se tornar o principal vetor de combate da força aérea e da marinha dos Estados Unidos, com expectativa de substituir no futuro modelos como o F-16, F/A-18, AV-8B, entre outros.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Gabriel Benevides

Publicado em 15 de Janeiro de 2020 às 14:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião F-35 Cingapura Singapore Lockheed Martin USAF F-16 F/A-18 Hornet Super Hornet AV-8B Harrier