Boeing trabalha nos detalhes do 777X

Modelo deverá ser híbrido tecnológico entre o 777-300ER e 787


A Boeing trabalha atualmente na definição de diversos detalhes do projeto do 777X, que deverá se beneficiar de diversas tecnologias oriundas do 787 Dreamliner. Ao mesmo tempo, os engenheiros trabalham para manter grande parte da comunidade dos sistemas com os atuais 777-300ER.

Entre as principais mudanças no projeto que estão sendo estudadas, está uma nova asa. Totalmente construída em materiais compostos, a asa terá novo perfil aerodinâmico, similar ao utilizado nos 787-9. No entanto, os novos 777X deverão ser baseados em sistemas pneumáticos, ao contrário do Dreamliner que faz extensivo uso de sistemas elétricos. O principal motivo para evitar uma mudança é manter o 777X dentro da mesma certificação dos atuais 777. Uma mudança radical no projeto exige uma nova e completa certificação, o que além de aumentar os custos, na prática cria uma nova família de aviões, gerando novos custos também para os operadores.

A Boeing afirma que a configuração final dos novos 777X será concluída em meados de 2015.

Da redação

Publicado em 6 de Maio de 2014 às 11:56


Notícias