Azul recebe seu último E-Jet 195 de primeira geração

Aeronave representa a marca de 1.200 aviões produzido pela Embraer, que deve iniciar entregas dos primeiros E-Jet-E2 no Brasil em 2020


Maior operadora do modelo E-Jet 195 do mundo, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras recebeu seu 88° jato da família E-Jet da Embraer, nesta segunda-feira (30) em São José dos Campos. A aeronave representa a marca de 1.200 aviões da família E-Jets produzido pelo fabricante brasileiro. Trata-se da última unidade da geração atual de jatos regionais da Embraer entregue à Azul. A expectativa é que, a partir do segundo trimestres de 2020, a companhia aérea receba o primeiro jato da nova família E-Jet-E2. As duas empresas assinaram em maio de 2015 contrato para até 50 jatos E195-E2, sendo 30 pedidos firmes e 20 direitos de compra adicionais.

 

A primeira entrega de um E-Jet à Azul aconteceu no fim de 2008. Inicialmente, o contrato previa 36 pedidos firmes, sendo 31 jatos E195 e cinco E190. Do total de aeronaves Embraer em sua frota, a Azul detém 66 unidades do modelo195 e 22 unidades do modelo 190, que contam, em sua maioria, com TV ao vivo em parceria com a SKY.

"Somos hoje os maiores operadores de E-Jet 195 do mundo e temos muito orgulho de transportar milhares de brasileiros em aeronaves genuinamente brasileiras", disse Antonoaldo Neves, presidente da Azul. "A escolha pelos aviões da Embraer na fundação da Azul foi decisiva para o sucesso da companhia. Os E-Jets são reconhecidamente aeronaves muito confiáveis e versáteis".

 

Atualmente, os E-Jets estão voando com 70 companhias aéreas de 50 países, com uma participação de mercado de mais 60%, com base em entregas, no segmento de jatos com até 130 lugares, segundo a Embraer.

 

 

Da redação

Publicado em 30 de Novembro de 2015 às 16:30


Notícias