Voos urgentes

Azul manterá parte dos voos domésticos no Brasil

Empresa terá 70 voos diários para 25 cidades visando atender as viagens emergenciais e ao transporte de cargas


Voos devem atender necessidades urgentes de deslocamentos e envio de carga aérea

A Azul confirmou que entre amanhã (25) e 30 de abril, irá operar 70 voos diários para 25 cidades, mantendo operações essenciais. A decisão ocorreu após as autoridades de saúde do Brasil determinarem que as pessoas permaneçam em casa, saindo apenas em caso de extrema necessidade.

LEIA TAMBÉM

A empresa manterá voos que também irão possibilitar o transporte de cargas, como medicamentos e órgãos, e de profissionais da saúde que trabalham diretamente no combate à pandemia da COVID-19. O planejamento também contou com o apoio da Anac, que garantirá a infraestrutura necessária para a operação nestes aeroportos.

A paralisação da maior parte das operações obrigou a Azul a adotar a estratégia de hangar a céu aberto, como foi feito na Copa do Mundo da Fifa e nos Jogos Olímpicos de Verão, onde as aeronaves são estacionadas em pátios com uma pequena distância entre elas. O objetivo é manter o menor impacto possível nos pátios e permitir a eficiência nos procedimentos de manutenção.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 24 de Março de 2020 às 14:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Azul Airbus Embraer E-Jet E2 Anac covid-19 coronavirus