Aviação Executiva

AW169 deverá ser entregue nos próximos meses

AgustaWestland se prepara para intensificar campanha de vendas


A AgustaWestland se prepara para o inicio das entregas do AW169 que começam no próximo ano.

O fabricante espera chamar atenção do mercado com as primeiras entregas do AW169. No início deste ano foi realizado um concurso para desenvolver um novo interior da aeronave, selecionando o interior “Stream” projetado pelo Studio Lanzavecchia e Wai. A cabine de passageiros 6,30 m³ pode acomodar de 8 a 10 passageiros em configuração utilitária, até 8 em numa configuração executiva ou 7 layout de luxo.

A AgustaWestland também fez uma parceria com a Custom Control Concepts para instalar o entretenimento SkyOne a bordo na aeronave. O sistema exibe o status do voo em tempo real e informações de navegação para os passageiros e oferece 12 portas Ethernet em toda a cabine, que oferecem conexão com qualquer combinação de monitores e painéis de comutação para conectividade para as opções de dispositivos personalizados, tais como vídeo HD, áudio estéreo, gravação de vídeo, comunicações por satélite, câmeras, iluminação e controle de cortinas das janelas.

Ultimamente, o fabricante tem trabalhado com os maiores nomes da moda como Lagerfeld e Versace para criar os novos interiores do AW109 GrandNew e AW139 e tem uma relação de longa data com o Grupo de Aviação Mecaer (MAG) para interiores de cabine personalizadas.

O AW169 é equipado com dois motores Pratt & Whitney Canada PW210A de 1.000 shp. A cabine conta com a suíte de aviônicos Rockwell Collins com telas de cristal líquido e oferece três telas de 10 por 8 polegadas. O sistema é integrado a controles touchscreen com recursos como compatibilidade com óculos de visão noturna, controle de voo de quatro eixos automático digital, sistema duplo de gestão de voo, mapas digitais, radar meteorológico, Satcom, radares altímetros duplos, ADS-B, visão sintética e sistema HUMS.

O AW169 também apresenta capacidade LPV IFR (Localizer Performance com Vertical guidance IFR) e um sistema de alerta de proximidade com o terreno (HTAWS). A AgustaWestland anunciou que vai oferecer como opcional o sistema de proteção contra congelamento completo e espera que o helicóptero seja certificado para operações com um único piloto em condições IFR.

A velocidade máxima é de 155 nós; alcance com combustível máximo com reserva de 30 minutos é de 366 nm; e carga útil máxima (passageiros, bagagem e combustível) de 4.350 libras.

A AgustaWestland prevê vendas de até 1000 unidades do AW169 ao longo dos próximos 20 anos. A montagem do helicóptero para os mercados da América do Sul e do Norte está prevista para começar na planta da empresa na Filadélfia no próximo ano.

Da redação

Publicado em 24 de Outubro de 2014 às 13:30


Notícias AgustaWestland AW169