Transponder Modo 007

Avião espião dos EUA se passa por avião civil enquanto vigiava a China

Mudança no transponder permitiu um RC-135W ser identificado como uma aeronave comercial baseada na Malásia


O RC-135W é uma aeronave de reconhecimento eletrônico dos Estados Unidos

Receba as notícias de AERO diretamente no TelegramWhatsApp e Instagram

Supostamente um avião de espionagem da força aérea dos Estados Unidos (USAF) voou na costa chinesa se passando por um voo comercial da Malásia. O objetivo foi tornar a missão mais discreta a defesa aérea da China.

Ao se aproximar da ilha de Hainan, território chinês, o RC-135W da USAF mudou seu código transporte para um utilizado por uma aeronave comercial, passando a ser identificado como um voo procedente da Malásia. O ‘truque’ permitiu o avião de reconhecimento se aproximar até 55 milhas (101 km) do território da China, sem despertar suspeitas.

As aeronaves militares e civis utilizam sistemas de identificação diferentes no transponder, equipamento que ajuda a reconhecer a aeronaves nas telas dos radares. Ainda que voos militares em missão real de reconhecimento tentem não serem descobertas, não é usual a mudança para o modo civil.

Monitoramento mostra RC-135W em rota para a costa chinesa ainda identificado como uma aeronave militar 

A aviação civil utiliza o chamado Modo-S do transponder, uma identificação eletrônica de 24 bits que é utilizado de forma individual por todas as aeronaves civis. O sistema é atribuído seguindo uma normativa da ICAO, a Organização de Aviação Civil Internacional, órgão internacional que é responsável por coordenar e estabelecer regras para a aviação.

O RC-135W decolou da base aérea norte-americana em Kadena, na ilha de Okinawa, no Japão e voou para sudoeste, passando por Taiwan, até se aproximar da ilha de Hainan. Poucos minutos antes do território chinês o avião mudou seu transponder do código militar AE01CE para 750548, um registro pertencente a uma aeronave civil registrada na Malásia, mas desconhecida pelas autoridades locais.

Já com identificação civil o avião de espionagem dos Estados Unidos passa a voar próximo da fronteira da China

A informação foi compartilhada no twitter pela organização chinesa South China Sea Probing Initiative (SCSPI), que afirma se tratar de uma organização que promove a transparência, paz e cooperação no Mar do Sul da China. Embora seja uma organização civil, sabe-se que ela conta com diversos membros das forças armadas chinesas, sendo considera por analistas dos Estados Unidos como uma estratégia de Pequim para promover seus interesses na região.

A força aérea dos Estados Unidos não comentou a mudança no código transponder, nem mesmo confirmou se o RC-135W estava voando na região. A aeronave é utilizada pelos militares norte-americanos para obter uma série de dados de inteligência, especialmente de sinais magnéticos e informações eletrônicas.

O voo do avião ocorreu em uma área de disputa internacional, próximo ao arquipélago de Paracel, reivindicado pela China, mas não reconhecido internacionalmente.

Alguns analistas acreditam que a artimanha adotada pelos Estados Unidos pode comprometer a segurança do transporte aéreo, já que o código inserido no transponder e que identifica individualmente aeronaves civis não pode ser alterado. O uso de identificação civil em um voo militar em missão real pode tornar pouco confiável para as defesas aéreas a informação de que se trata realmente de um voo comercial, permitindo abrir brechas para casos extremos de um avião de passageiros ser abatido acidentalmente.

O curioso é que o RC-135W não teria em momento algum invadido o espaço aéreo da China, mantendo o voo estritamente no espaço aéreo internacional. Um perfil que não exigiria qualquer mudança no transponder, pois a aeronave já estava sob proteção de leis internacionais.

Imagens da SCSPI mostram que em momento algum o RC-135W ingressou em espaço aéreo chinês

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 14 de Setembro de 2020 às 14:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing 707 RC-135W USAF China espionagem avião espião Japão ICAO Mode S