Decolou para decolar?

Embraer E195-E2 foi voando até a pista de decolagem em Singapura!

Falta de uma pista de taxiamento entre os extremos obrigaram avião decolar e pousar no mesmo aeroporto


Aeronave estava em exibição no Singapore Air Show, que aconteceu no aeroporto de Changi

Um Embraer E195-E2 teve de decolar de uma pista do aeroporto de Singapura para pode decolar de outra! O paradoxo ocorreu durante o Singapore Air Show e por um problema de engenharia. O aeroporto internacional de Changi, um dos mais modernos do mundo, não possui uma taxiway ligando uma extremidade a outra.

O Singapore Air Show, um dos principais salões aeronáuticos da Ásia, ocorreu em uma ampla área no setor leste do aeroporto. Onde os principais fabricantes do mundo expuseram suas aeronaves durante o evento e puderam realizar uma série de demonstrações aéreas.

Imagem do FlightRadar 24 mostra o curto voo do Embraer E195-E2 em Singapura

LEIA TAMBÉM

Ainda durante o evento o demonstrador do E195-E2 (PR-ZIQ), que ostenta a pintura Tech Lion, tinha uma agenda prevendo algumas demonstrações para clientes fora do air show, obrigando a aeronave se dirigir para Seletar, localizada no nordeste de Singapura e posteriormente para Bangkok. O setor onde estava ocorrendo o salão aeronáutico não possui os tramites legais e de infraestrutura para despachar um voo regular, como seria o caso do previsto pela Embraer.

Imagem de satélite mostra obras que impedem a ligação via terrestre entre extremidades do aeroporto | Imagem: Google

Toda a infraestrutura para atender este tipo de operação fica no setor onde está o terminal de passageiros e de cargas. O problema: não existe uma ligação física entre o setor leste e o terminal de passageiros. Ou seja, ainda não foi construída uma taxiway ligando todas as três pistas do aeroporto. Por estar em processo de expansão aeroporto Changi não concluiu as pistas de taxiamento entre a pista 02L (esquerda) e as 02C (central) e 02R (direta).

A solução foi decolar 02R, voar por 21 minutos sobre a baía de Singapura e pousar na pista 02L. Uma situação curiosa, especialmente se considerar que Changi tem sido eleito como um dos melhores aeroportos do mundo, ainda assim, as obras de conclusão ainda não avançaram a tempo de existir uma taxiway para atender ao Tech Lion, da Embraer.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 17 de Fevereiro de 2020 às 17:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Embraer E-195 E-190 E2 E-Jet E-Jet E2 aviação regional Changi Singapura Singapore Air Show