MRJ

Atrasos do MRJ custam caro à Mitsubishi

Nada menos que nove executivos foram dispensados


O CEO e Presidente do Conselho da Mitsubishi Aircraft Corp. of America, Masao Yamagami e mais oito executivos-senior envolvidos no programa do jato regional japonês estão deixando a empresa.

O anúncio vem dois meses após a divulgação, em janeiro, de um quinto de uma série de atrasos embaraçosos no programa o que significa que o MRJ ( 70 – 90 lugares ) não será entregue ao cliente lançador All Nippon Airways até 2020 – dois anos mais tarde que o planejado.

Dois MRJ estavam realizando ensaios de vôo no Hawaii e Grandes Lagos.O primeiro estava ‘groundeado’ no Hawaii desde 16 de março.

A Mitsubishi Aircraft já registrou 447 encomendas do MRJ, incluindo opções e direitos de compra. 

Por Ernesto Klotzel

Publicado em 30 de Março de 2017 às 18:35


Notícias MRJ All Nippon Airways Mitsubishi Aircraft