Após Varig e Tam...

Após entrar em estado pré-falimentar Avianca Brasil é retirada da Star Alliance

Aliança global perde seu terceiro membro no Brasil desde sua criação em 1997


Avianca foi a terceira empresa membro da Star Alliance no Brasil

A Avianca Brasil deixará formalmente a Star Alliance a partir de 1º de setembro de 2019. A saída acontece após a companhia aérea entrar em estado pré-falimentar e a suspensão de seu Certificado de Operador Aéreo (COA) pela Anac.

“Ao ingressar na Star Alliance em 2015, a Avianca Brasil promoveu contribuições importantes para a nossa proposta junto aos clientes no mercado brasileiro, e lamentamos esse infeliz acontecimento”, afirmou Jeffrey Goh, CEO da Star Alliance.

LEIA TAMBÉM

A partir da saída da Avianca Brasil, a aliança global de empresas aéreas não terá mais um apresentante no Brasil e contará com 27 membros globais.

A Star Alliance foi a primeira grande aliança internacional de empresas aéreas, criada em 1997. A aliança mantém uma presença de longa data no mercado brasileiro, no qual atua continuamente desde a sua fundação, quando a Varig ingressou na parceria. Após a falência do grupo Varig, em 2006, a então Tam ingressou na aliança quatro anos depois, mas deixou a parceria após a fusão com a Lan, passando a integrar a OneWorld. Todavia, a Star Alliance não teve muita sorte no Brasil, visto que suas três parcerias se retiraram do acordo, sendo duas por questão falimentar.

A saída da Avianca Brasil, formalmente OceanAir, não altera a situação da Avianca Colombia, que mantém suas operações normalmente.

Onze das companhias aéreas associadas à Star Alliance disponibilizam operações diretas a partir de e para o Brasil (Air Canada, Avianca, Air China, Copa Airlines, Ethiopian Airlines, Lufthansa, Swiss, South African Airways, TAP Air Portugal, Turkish Airlines e United Airlines).

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Imagens: Divulgação

Publicado em 19 de Agosto de 2019 às 17:00


Notícias Varig Tam Latam Lan Avianca Avianca Brasil OceanAir Star Alliance OneWorld viagem falência