Apenas quatro pedidos

Antonov conclui a montagem da fuselagem do cargueiro rival do C-390

Primeiro exemplar de série do An-178 deverá ser destinado para a força aérea da Ucrânia


Antonov An-178

Estrutura do primeiro avião de série do Antonov 178 deverá seguir para instalação das asas e sistemas

A Antonov revelou a construção da primeira estrutura primária do cargueiro tático An-178-100P, que será destinada para a força aérea ucraniana em um contrato realizado em dezembro de 2020, para a aquisição de três unidades.

A estrutura básica compreende na fuselagem completa, que deverá agora seguir para a montagem das asas e estabilizadores, seguido da instalação de todos os sistemas e motores.

Com grande similaridade com os modelos regionais An-158 e An-148, o novo An-178-100P foi desenvolvido para realizar transporte militar, podendo transportar uma vasta lista de cargas em contêineres ou paletes, incluindo contêineres marítimos 1C. Além disso, oferece capacidade multimissão podendo transportar até 90 soldados ou 70 paraquedistas, sendo ainda possível a configuração de aeronave aeromédica, com 48 macas ou oito módulos médicos.

Equipado com dois motores ucranianos Progress D-436-148FM, que fornecem 15.000 lbf de empuxo cada, o An-178 terá alcance máximo de 4.200 km, com velocidade de cruzeiro de até 445 nós (825 km/h). O peso máximo de decolagem será na ordem de 52.000 kg, enquanto a carga paga, ou seja, o máximo que o avião pode transportar, é de 18.000 kg.

Com apenas quatro unidades vendidas, o An-178 corre o risco de ser cancelado em breve, tornando a operação dos aviões produzidos bastante complexa, especialmente pelo risco da falta de suporte técnico. Além da força aérea ucraniana que possui três pedidos firmes, a polícia federal peruana encomendou a única aeronave exportada até o momento.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 24 de Maio de 2021 às 09:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Antonov An-178 An-158 An-148