Aviação Comercial

ANAC veta operação do A380 em Guarulhos

Laudo técnico exige mudanças tanto na pista como no pátio, o que tira de vez as chances de o superjumbo da Airbus passar a operar no Brasil antes da Copa


A Anac reprovou o Aeroporto Internacional de Guarulhos no processo de certificação realizado para a operação do Airbus A380. Com isso, os planos da Emirates Airline e da Air France de operar o modelo antes da Copa foram suspensos. Segundo a agência, após vistoria, há necessidade de uma série de modificações na pista e no pátio, em especial para evitar o risco de ingestão de objetos no momento de acionamento dos motores, táxi e mesmo corrida para a decolagem. O edital de concessão prevê que o aeroporto tem até 31 de dezembro de 2016 para realizar adequações para receber o A380 e o 747-8. Porém, mesmo com os esforços da GRU Airport, a Anac vetou a certificação. As mudanças exigidas pelo laudo técnico devem levar alguns meses para serem realizadas, tirando de vez a chance do A380 operar no Brasil durante a Copa.

Da redação

Publicado em 7 de Fevereiro de 2014 às 17:05


Notícias ANAC Aeroporto Internacional de Guarulhos Airbus A380 Emirates Airline Air France 747-8 GRU Airport